Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Del Nero cogita pedir licença – e filho de Sarney pode assumir a CBF

Presidente da CBF está sendo pressionado por dirigentes brasileiros e estrangeiros por causa de suas constantes ausências em reuniões

Marco Polo Del Nero pode pedir licença do cargo de presidente da CBF em breve. Pressionado por cartolas nacionais, da Conmebol e até mesmo da Fifa desde que parou de viajar para compromissos oficiais no exterior, Del Nero estaria disposto a se licenciar nos próximos dias e indicar um de seus vices para ocupar a presidência interinamente. Fernando Sarney, vice que representa a região norte, é o mais cotado.

Leia também:

STF determina que contratos de Del Nero na FPF sejam apresentados à CPI

Descontente, Fifa dará ultimato ao ausente Del Nero

Na mira do FBI, Del Nero se recusa a explicar ausência em viagens

A hipótese da licença de Marco Polo Del Nero surgiu no início de agosto. A CBF sempre negou com veemência essa possibilidade, mas o tema ganhou força nas últimas semanas, principalmente após as sucessivas ausências do cartola em reuniões da Fifa, o que tem irritado dirigentes. Del Nero também não tem viajado com a seleção brasileira nas partidas fora do Brasil. Ele não estará em Santiago nesta quinta-feira, quando o time de Dunga faz seu primeiro jogo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, às 20h30 (de Brasília).

O pedido de licença seria de até 180 dias, podendo ser prorrogado por igual período. Pelo estatuto da CBF, quando o presidente se licencia ele pode escolher seu substituto entre os cinco vices eleitos – atualmente, quatro poderiam assumir, já que José Maria Marin está preso na Suíça desde maio. O nome mais forte para assumir a cadeira era o do deputado federal Marcus Vicente (PP-ES), vice que representa a região Centro-Oeste. Mas o dirigente perdeu força quando foi descoberto que ele havia feito uma consulta junto à Câmara para saber se poderia manter o mandato e assumir a presidência da CBF ao mesmo tempo. Apesar da resposta positiva, o vazamento da informação gerou incômodo na CBF.

Agora, quem aparece no horizonte é Fernando Sarney. O vice, que é filho do ex-presidente José Sarney, já despacha numa sala do prédio da CBF. Ele está na entidade desde 1998, quando assumiu como diretor de Relações Institucionais. Desde 2004, Sarney é vice-presidente eleito, tendo feito parte das gestões de Ricardo Teixeira, José Maria Marin e, agora, de Marco Polo Del Nero.

O empresário Fernando Sarney, filho mais velho do senador José Sarney, em Brasília

O empresário Fernando Sarney, filho mais velho do senador José Sarney, em Brasília (/)

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League