Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

De olho na Europa, Pato é flagrado em jantar com Kia e Andrés

Empresário iraniano, famoso pela parceria entre Corinthians e MSI há dez anos, esteve no país para ajudar nas negociações entre o atacante e clubes europeus

Um dos objetivos do Corinthians para o fim da temporada, além da conquista do título do Campeonato Brasileiro, é conseguir vender o atacante Alexandre Pato, emprestado ao São Paulo até dezembro. As chances do jogador retornar à Itaquera são pequenas e o Corinthians já trabalha nos bastidores para conseguir uma proposta interessante para negociá-lo. Uma foto que circula na internet flagrou Pato ao lado de André Sanchez, superintendente de futebol do Corinthians, o iraniano Kia Joorabchian, ex-sócio da MSI, a investidora do clube na época do título brasileiro de 2005, e Giuliano Bertolucci, sócio de Kia e um dos empresários do jogador, em uma pizzaria.

A foto na pizzaria, postada no Twitter pelo apresentador Benjamin Back, da Fox Sports, mostra que o relacionamento entre o atacante e a diretoria corintiana se mantém bom, apesar das últimas troca de farpas. Recentemente, Andrés disse, em tom de brincadeira, que o jogador poderia ser emprestado ao Bragantino caso não surgisse nenhuma boa proposta até janeiro. Pato recriminou a piada publicamente, dizendo que, por contrato, isso não seria possível, sem dizer a que cláusula se referia. Já o gerente Edu Gaspar disse em entrevista à ESPN Brasil que Pato não deu certo no clube porque lhe faltou “perfil corintiano” e admitiu que espera negociá-lo em 2016.

Leia também:

Com Pato no banheiro, jogadores celebram Dia das Crianças

Dunga justifica opção por Ricardo Oliveira e diz que ‘choro’ pesou contra Pato

Técnico Osorio compara Pato a Robben, Ribéry e Di María

O Corinthians já tentou vender Pato nas útimas janelas de transferência, e recebeu propostas de clubes poderosos como Tottenham, Manchester United e Borussia Dortmund , mas nenhuma delas agradou a todos os lados da negociação. Por isso, o clube manteve o acordo com o São Paulo, com quem divide o pagamento de 800.000 reais mensais de salário do atleta. O São Paulo já manifestou interesse em ficar com o jogador, mas não tem condições financeiras de pagar os 10 milhões de euros (cerca de 43 milhões de reais) exigidos pelo Corinthians. O iraniano Kia Joorabchian, que depois de deixar o Brasil em 2006 se tornou um dos empresários mais influentes da liga inglesa, pretende ajudar nas negociações.

Pato tem contrato com o Corinthians até dezembro do ano que vem. Ou seja, caso não consiga ser negociado na abertura da janela de transferências, em dezembro, o jogador poderá assinar um pré-contrato em julho e sair de graça. Em 2013, o Corinthians pagou 15 milhões de euros (cerca de 40 milhões de reais pela cotação da época) para tirar Pato do Milan. Após cair em desgraça com torcida e companheiros, Pato foi emprestado ao São Paulo em janeiro de 2014, em negociação que envolveu a ida do meia Jadson, artilheiro do Corinthians no Brasileirão, para Itaquera.

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League