Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

D’Alessandro deixa o Inter e retorna ao River Plate

Saída do ídolo colorado foi oficializada nesta tarde. Em sete anos e meio, argentino conquistou diversos títulos no Beira-Rio, incluindo a Libertadores de 2010

O meia argentino Andrés D’Alessandro, um dos maiores ídolos da história do Internacional, está deixando o clube gaúcho após sete anos e meio. Emocionado, o meia de 34 anos concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, no Beira-Rio, e confirmou que jogará por empréstimo de um ano pelo River Plate, o clube que o revelou.

D’Alessandro tatua o próprio rosto na barriga

“Surgiu uma chance muito boa de jogar na Argentina, onde fui revelado. Por causa do River, consegui fazer uma carreira que me orgulha. Por causa do River, o Inter me buscou. Foi diferente, o River chegou com muita vontade de me contratar depois de 13 anos, houve essa chance de voltar”, disse o jogador, tentando conter as lágrimas.

D’Alessandro possui vínculo com o Inter até o fim de 2017 e disse que pretende voltar a Porto Alegre ao fim do contrato de empréstimo. No clube desde 2008, o jogador conquistou vários títulos, incluindo o hexacampeonato estadual (2009, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015), a Copa Sul-Americana de 2008 e a Libertadores de 2010.

O meia tentou explicar a sensação de deixar um lugar que tinha como casa para retornar ao time de coração. “Aqui no Inter não sou só um atleta, deixei algumas coisas. É motivo de orgulho. Uma mistura de tristeza e alegria, porque volto para casa, minha família, viver de novo na Argentina, de onde saí em 2003 e dei um ‘pulo’ em 2008. Volto com três filhos, família muito maior, com um filho brasileiro, de seis meses, gaúcho, o que é motivo de orgulho. Aproveitar a família pesou muito. Voltar ao clube depois de 13 anos é uma satisfação grande”, disse.

“Não é fácil. São sete anos e meio vivendo com pessoas que me ajudaram muito, que me fizeram um atleta, uma pessoa muito melhor. Um clube que me deu tudo. Tive o pensamento de que queria sair bem, que nada estragasse a minha história no clube, deixando uma história marcante. Tudo se tornou realidade, não tem comparação com nada. Uma relação com torcedores, funcionários, diretoria. Só palavras de agradecimento”, completou.

A disputa da Copa Libertadores foi o que mais seduziu D’Alessandro e a diretoria do River a chegar a um acordo. Atual campeão, o time de Buenos Aires vinha tentando repatriar o jogador havia vários anos. D’Alessandro se profissionalizou pela equipe em 2000 e conquistou três vezes o campeonato argentino antes de rodar por clubes europeus.

O argentino Andres D’Alessandro chora durante despedida do Internacional de Porto Alegre

O argentino Andres D’Alessandro chora durante despedida do Internacional de Porto Alegre (/)

(da redação)

Member of The Internet Defense League