Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristiano Ronaldo custou mais que o declarado e é o jogador mais caro da história

Real Madrid pagou 104,7 milhões de euros para tirá-lo do Manchester United em 2009. Segundo colocado é Gareth Bale, que custou 99,7 milhões de euros

A transferência de Cristiano Ronaldo ao Real Madrid envolveu valores maiores do que os divulgados, revelou nesta quarta-feira o diário espanhol Marca. Com isso, o atacante português voltou ao topo da lista de transações mais caras da história futebol mundial, superando seu companheiro de equipe, o galês Gareth Bale.

As informações foram filtradas pelo jornal junto ao Football Leaks, site inspirado no Wikileaks que se notabilizou por vazar informações confidenciais do meio do futebol, como contratos do brasileiro Neymar.

Leia também:

Real Madrid se mantém como o clube mais rico do mundo; Barcelona encosta

Cristiano Ronaldo debocha de Daniel Alves – que responde com taças

Jogador do Bilbao nega pisão em Neymar e critica ‘atitudes’ do brasileiro

Os novos dados revelam que a transação entre Manchester United e os merengues não foi fechada em 96,9 milhões de euros (cerca de 428 milhões de reais pela cotação atual) conforme declarado oficialmente, mas sim em 104,7 milhões de euros (462 milhões de reais). Segundo colocado, Bale foi contratado junto ao Tottenham por 99,7 milhões de euros (440 milhões milhões de reais).

O assunto não é discutido por nenhuma das equipes envolvidas, uma vez que Real Madrid e Manchester United assinaram um acordo de confidencialidade a respeito da transação de Cristiano Ronaldo. Segundo as informações do Marca, o clube da capital espanhola utilizou 25 milhões de euros de seus cofres e os outros 72 milhões foram financiados, fechando a conta em 97 milhões de euros. Os quase 8 milhões de euros a mais, que fazem de Cristiano o jogador mais caro da história, são referentes a impostos.

O jornal ainda destaca que a contratação de Neymar junto ao Barcelona, avaliada no momento em 83,3 milhões de euros, poderá superar a de Cristiano, caso a Justiça espanhola revele novas infrações fiscais na negociação que envolve o clube catalão, o Santos, a empresa da família de Neymar e os investidores do atleta.

(da redação)

Member of The Internet Defense League