Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians vai da glória ao desespero em 45 dias

Campeão brasileiro com sobras, time foi surpreendido pela debandada de seus principais jogadores e se vê cada vez mais longe de aliviar suas dívidas

O Corinthians fechou o ano de 2015 da melhor maneira possível: campeão brasileiro pela sexta vez e com três rodadas de antecipação, o time dirigido pelo técnico Tite foi celebrado por sua organização tática e eficiência ofensiva. A goleada por 6 a 1 sobre o rival São Paulo na festa do título foi o ponto máximo da euforia que tomou conta dos torcedores e jogadores em Itaquera. A expectativa era a de que o time entraria em 2016 ainda mais forte, o clube se recuperaria economicamente e brigaria por novas glórias. Pouco mais de um mês depois, no entanto, tudo mudou. O sucesso esportivo da equipe, aliado aos problemas financeiros do país e do próprio clube, provocaram uma reviravolta no campeão nacional. Os principais heróis do hexa deixaram a equipe rumo ao futebol chinês, enquanto os planos de parceria não saíram do papel e as dívidas com sua arena persistiram. Para piorar, as boas opções de reposição no mercado são cada vez mais restritas e a diretoria admite que todo o planejamento da temporada terá que ser refeito.

Leia também:

Presidente do Corinthians se irrita com debandada: ‘Quem quiser, pode ir embora’

Futebol chinês desmonta Corinthians campeão brasileiro

Corinthians volta aos treinos: sai Renato Augusto e entra Pato

(da redação)

Member of The Internet Defense League