Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians bate Fluminense e abre 7 pontos na liderança

Equipe paulista fez 2 a 0 no Itaquerão e disparou na ponta da tabela do Campeonato Brasileiro com a derrota do vice-líder Atlético-MG; time carioca teve um gol mal anulado

Não faltaram motivos para a torcida do Corinthians comemorar a vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense, nesta quarta-feira, no estádio Itaquerão. Além de celebrar o aniversário do clube, que completou 105 anos na véspera da partida, e estrear a nova camisa, os corintianos também festejaram a folga na ponta do Brasileirão. Com o resultado e com a derrota do vice-líder Atlético-MG para o Atlético-PR, por 1 a 0 em Belo Horizonte, o Corinthians chegou a 49 pontos e abriu sete de vantagem na liderança.

Os gols foram marcados pelo garoto Marciel, de 20 anos, em uma bela jogada logo no início do jogo, e pelo volante Ralf, de cabeça, na segunda etapa. O Fluminense, que segue estacionado na 7ª posição, com 33 pontos, teve um gol mal anulado quando o jogo estava 1 a 0 para o Corinthians. O meia Cícero, que colocou a bola para as redes no lance em que foi marcado o impedimento inexistente, não perdoou a arbitragem depois do jogo. “Foi um erro grotesco. Não foram poucos centímetros”, disse ele.

LEIA TAMBÉM:

Corinthians é o clube mais valioso das Américas

Dunga esboça seleção sem Neymar e com Lucas Lima

O jogo – O cenário às vésperas do clássico contra o Palmeiras não poderia ser melhor para o Corinthians. A equipe está invicta no Brasileiro há 14 rodadas e, nesta quarta, mesmo com cinco desfalques, manteve o bom padrão de jogo das últimas partidas. O técnico Tite, que já não contava com Uendel, Felipe, Bruno Henrique e Elias, teve mais uma baixa. Com uma virose, o meia Renato Augusto foi vetado horas antes da partida.

Coincidentemente no dia em que o clube estreou seu novo terceiro uniforme, laranja, em homenagem ao “terrão”, antigo campo de barro das categorias de base, foram os garotos que conduziram a equipe a mais uma vitória. Marciel foi o grande destaque principalmente pelo golaço. O garoto recebeu passe de Jadson, deu belo drible em Edson e, de fora da área, chutou colocado. Também formado nas categorias de base, o atacante Malcom não deu sossego para defesa do Fluminense e por muito pouco não marcou um golaço aos 35 minutos, quando tentou encobrir o Diego Cavalieri com uma cavadinha, mas a bola acabou saindo forte demais.

Na segunda etapa, o Fluminense equilibrou o jogo. Mesmo assim, o Corinthians continuou melhor. E aos 10 minutos a equipe ainda foi beneficiada pela arbitragem, que errou ao marcar impedimento inexistente no gol de Cícero. Sem precisar fazer muita força, o Corinthians chegou ao segundo gol aos 25 e “matou” o jogo. Jadson cobrou falta pela direita e Ralf subiu livre para cabecear no canto.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League