Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comitê de Ética da Fifa suspende por 90 dias Blatter, Platini e Valcke

O comitê também determinou a suspensão por seis anos do ex-vice-presidente da Fifa Chung Mong-Joon e pagamento de multa de 100 mil francos suíços

O Comitê de Ética da Fifa suspendeu provisoriamente por 90 dias o presidente da entidade, Joseph Blatter, e seu possível sucessor, o presidente da Uefa, Michel Platini. Também foi suspenso por 90 dias o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke. O comitê ainda determinou o banimento do futebol do ex-vice-presidente da Fifa Chung Mong-joon, sul-coreano que também era pré-candidato à presidência da Fifa, por seis anos.

A informação de que a punição poderia ocorrer foi divulgada ontem, quarta-feira, quando foi divulgado que o Comitê de Ética recomendou a suspensão do presidente da Fifa, acusado de má gestão e apropriação indébita pela Procuradoria-Geral da Suíca.

“As bases para essas decisões são as investigações que estão sendo realizadas pela câmara de investigação do comitê de ética”, disse o Comitê de Ética da Fifa, órgão independente dirigido pelo advogado Hans Joachim Eckert, em comunicado. Durante a suspensão, os três estão proibidos de participar de todas as atividade de futebol em níveis nacional e internacional.

Blatter é suspeito de ter cometido crimes financeiros, de acordo com o Ministério Público da Suíça, e pode pegar até dez anos de prisão. O Comitê de Ética da Fifa avaliou que, se nestes três meses Blatter for inocentado pela Justiça, a suspensão será encerrada. Enquanto isso, a entidade seria comandada por Issa Hayatou, presidente da Confederação Africana de Futebol desde os anos 1980 e um aliado incondicional de Blatter.

Além do banimento do futebol por seis anos, o ex-vice-presidente da Fifa Chung Mong-joon foi condenado a pagar multa de 100.000 francos suíços (cerca de 415.000 reais). Ele foi acusado de comprar votos para que a Coréia do Sul fosse sede da Copa do Mundo de 2022. Na época, o acionista majoritário da montadora Hyundai chegou a oferecer 700 milhões de dólares para aqueles que possuíam o poder do voto. Mong-joon era um dos pré-candidatos à presidência da Fifa e disse estar sendo vítima de “sabotagem” de Blatter.

Leia também:

Em meio a denúncias, Blatter afirma que não deixará o cargo antes das próximas eleições

Polícia invade sede da Fifa e Blatter é processado criminalmente

Blatter falta e Fifa decide que Copa do Catar será em novembro e dezembro

O francês Platini também é candidato e, se a punição de 90 dias não for ampliada, estará livre para concorrer no pleito marcado para 26 de fevereiro de 2016. Platini é investigado por ter recebido 2 milhões de francos suíços (aproximadamente 8 milhões de reais) dos cofres da Fifa, em uma transação suspeita, em 2011. Ele alegou que o pagamento se refere a um trabalho realizado por ele na entidade entre 1999 e 2002 e garante não ter cometido nenhuma irregularidade.

Já Jerôme Valcke também foi suspenso após ter seu nome envolvido em um esquema de vendas de ingressos para a Copa do Mundo. O ex-secretário-geral da Fifa foi acusado pelo empresário Benny Alon, dono da JB Marketing, de embolsar cerca de 9 milhões de reais ao negociar os bilhetes muito acima do preço tabelado na Copa de 2014.

(Com agência Reuters)

Member of The Internet Defense League