Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Centurión pode perder Libertadores por cusparada

Por causa de expulsão contra o Toluca, no México, atacante argentino do São Paulo pode ser punido por seis jogos, o que o tiraria até de uma eventual final

O atacante Ricardo Centurión, do São Paulo, pode ficar de fora do restante da Copa Libertadores devido a um erro infantil. Nesta quarta-feira, o argentino foi expulso na derrota para o Toluca, no México, por cuspir no adversário Edy Brambila, já no fim da partida. Caso seja punido pelo Comitê Disciplinar da Conmebol, Centurión pode ser suspenso por até seis partidas, o que o tiraria de uma possível final.

De acordo com o regulamento da entidade que trata de infrações e sanções por comportamento impróprio dos jogadores, “cuspir em um jogador rival ou em qualquer outra pessoa que não seja um oficial da partida” deve ser punido com suspensão mínima de seis partidas. Se tivesse cuspido em um dos árbitros ou oficiais da partida, o jogador poderia levar dez partidas ou uma suspensão por tempo indeterminado, de no mínimo quatro meses.

Leia também:

River para no Independiente del Valle e está fora da Libertadores

Pênaltis e Itaquera, os novos carmas do Corinthians

Atlético-MG bate Racing e enfrenta o São Paulo nas quartas

O técnico Edgardo Bauza, compatriota de Centurión, confessou sua decepção com a atitude do jogador. “Vou embora amargurado pela expulsão do Centurión, porque ele é um jogador útil para time. Vou falar com ele. Sempre nos falamos, mas não pode ser muito radical. A partida estava muito quente. Teve jogadores que poderiam ter sido expulsos. Como sempre digo, isso é futebol”, disse o treinador.

Em entrevista na saída do estádio, Centurión pediu desculpas aos companheiros e admitiu ter se equivocado após levar um chute na perna. Nas quartas de final, o São Paulo enfrentará o Atlético-MG, que eliminou o Racing, da Argentina, nesta quarta.

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League