Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CBF volta atrás, retira apoio da Liga Sul-Minas-Rio e compra briga com clubes

Alexandre Kalil, o CEO da competição, se irritou com a posição da CBF e disse que "a casa dos 7 a 1 não quer saber do futebol brasileiro"

A CBF retirou seu aval oficial à criação da Liga Sul-Minas-Rio nesta segunda-feira, menos de uma semana depois de ter declarado apoio à competição, que reunirá equipes de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e será disputada no mesmo período que os Estaduais. A entidade informou da necessidade de uma aprovação através de assembleia geral e irritou o CEO da liga, o ex-presidente do Atlético-MG Alexandre Kalil. O dirigente fez duras críticas à CBF e garantiu que o torneio, batizado de Primeira Liga, acontecerá em 2016 “de qualquer jeito”.

Kalil esteve reunido com a CBF durante toda a tarde. A reunião estava marcada desde quinta-feira passada e serviria apenas para finalizar os detalhes do torneio. Era esperada para esta segunda a divulgação da tabela, com cinco datas. Mas, quando chegou ao encontro, Kalil foi informado que a CBF não poderia avalizar a competição. “A explicação é uma só: a casa dos 7 a 1 não quer saber do futebol brasileiro. Não tem outra explicação. Nós vamos fazer a competição de qualquer maneira”, esbravejou.

Liga Sul-Minas é criada com ‘reforço’ da dupla Fla-Flu

A CBF vem sofrendo pressão de federações contrárias à competição. Na sexta-feira, a Federação de Futebol do Rio (Ferj) encaminhou ofício pedindo veto à liga. O mesmo já havia sido feito há algumas semanas. Segundo Kalil, a liga está amparada na lei. “Nós vamos fazer a liga porque vamos seguir a lei. Para fazer liga de basquete não precisa de aprovação de confederação, por que nós precisaríamos?” Foram eles (CBF) que nos chamaram para conversar, e não o contrário. Nós não precisamos do aval de ninguém.”

Na próxima sexta-feira, representantes dos 15 clubes que integram a liga irão se reunir em Belo Horizonte. “Essa reunião já estava marcada. Na segunda-feira, sai a tabela. A liga está na rua”, afirmou Alexandre Kalil.

Flamengo, Fluminense, Coritiba, Atlético-PR, Cruzeiro, Atlético-MG, Internacional, Grêmio, Figueirense e Avaí já estão confirmados na competição. Os outros dois integrantes serão definidos entre Chapecoense, Criciúma, Joinville, Paraná e América-MG, que também integram a liga.

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League