Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Campeão olímpico em 2008 é suspenso por dez anos por agressão a colega

Sul-coreano Sa Jae-hyouk é acusado de acertar companheiro com um soco no rosto. Com punição, halterofilista deve perder a Olimpíada do Rio de Janeiro.

O halterofilista sul-coreano Sa Jae-hyouk, medalha de ouro na categoria até 77 quilos nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, foi punido nesta segunda-feira com uma suspensão esportiva de 10 anos por ter agredido um companheiro de treinamentos.

A Federação de Halterofilismo da Coreia (KWF) anunciou a suspensão depois de Sa Jae-hyouk ter sido formalmente acusado nos tribunais e interrogado no domingo pela polícia da cidade de Chuncheon, informou a agência local “Yonhap”.

Rio-2016: dirigente diz que Rússia tem poucas chances de competir no atletismo

Sa, de 30 anos, é acusado de ter dado um soco no rosto do também halterofilista Hwang Woo-man, de 21, durante uma discussão em uma festa na noite de 31 de dezembro. A vítima foi hospitalizada com um ferimento no maxilar que, segundo os médicos, demorará seis meses para ser curado.

O agressor testemunhou na delegacia e disse que se encontrou com Hwang na noite da virada do ano para esclarecer um primeiro incidente, ocorrido ainda em fevereiro de 2015, no qual o halterofilista mais veterano já havia dado uma bofetada no mais jovem.

O campeão olímpico de 2008, que ficou fora da competição em Londres 2012 por causa de uma lesão, será provavelmente afastado de sua seleção para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, caso sua punição seja mantida.

(com agência EFE)

Member of The Internet Defense League