Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cafu entra para a Academia do Laureus, o ‘Oscar do esporte’

O ex-jogador Cafu foi nomeado nesta terça-feira como novo membro da Academia Laureus. O órgão é responsável pela conceituada premiação esportiva, conhecida como “Oscar do esporte”. Com a honraria, o ex-lateral se junta a outros 52 atletas vivos que “se dedicaram a mudar o mundo com o poder do esporte”, como explica o próprio Laureus em seu site.

“Eu sempre admirei o trabalho que o Laureus faz para ajudar os jovens pelo mundo. Usar o esporte para melhorar a justiça na nossa sociedade é algo em que eu acredito profundamente. Estou grato aos membros do Laureus por me nomearem para que me juntasse a eles. É uma honra ser um membro da Academia”, disse Cafu.

Jogador que mais atuou pela seleção brasileira, com 149 partidas, Cafu teve uma das carreiras mais vitoriosas do futebol nos últimos tempos. Pela seleção, disputou quatro Copas do Mundo e jogou três finais seguidas (campeão em 1994 e 2002 e vice em 1998). Também conquistou títulos por quase todos os times que passou, com destaque para São Paulo, Palmeiras, Roma e Milan.

O ex-lateral ainda criou um projeto de caridade de sucesso, a Fundação Cafu. E foi justamente lá que ele foi premiado pelo Laureus nesta terça. “Estou muito feliz que no primeiro dia como membro da Academia eu tenha podido mostrar a importância do trabalho que fazemos na Fundação Cafu, onde vemos claramente o impacto que o esporte pode ter. Temos a responsabilidade de ajudar os menos afortunados, e pelo esporte podemos fazer uma real diferença”, disse.

Cafu se juntou a grandes nomes da história do esporte mundial, como Monica Seles, Sebastian Coe, Tony Hawk, Sergey Bubka, Marina Navratilova, Nadia Comaneci, entre outros. Ele é apenas o segundo brasileiro (Emerson Fittipaldi é o outro) e o quarto ex-jogador de futebol (ao lado de Franz Beckenbauer, Marcel Desailly e Bobby Charlton) a entrar para este seleto grupo.

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League