Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bruno Senna assume função de conselheiro da McLaren

Piloto de 31 anos trabalhará no desenvolvimento do carro e dos pilotos da categoria de turismo da equipe pela qual seu tio Ayrton foi tricampeão na F1

O piloto brasileiro Bruno Senna foi anunciado nesta terça-feira como conselheiro do McLaren P1 GTR, programa de desenvolvimento de pilotos da fórmula GT (Gran Turismo) da escuderia britânica. Bruno já estava ligado à McLaren – equipe pela qual seu tio, Ayrton Senna, conquistou três títulos mundiais de Fórmula 1 – desde o início do ano, quando se tornou piloto oficial da fábrica da McLaren GT. Agora, assumirá novas funções.

Leia também:

Nelsinho Piquet encerra jejum brasileiro no automobilismo e é campeão da Fórmula E

Fórmula E: campeonato estimula sonho do ‘futuro elétrico’

‘F1 elétrica’ tem duelos Piquet x Prost x Senna nas pistas

“Bruno emprestará a experiência adquirida na F1 e categorias de turismo diretamente aos pilotos da equipe, para extrair o máximo deles e dos carros em vários dos mais importantes circuitos do mundo. O primeiro modelo P1 GTR para cliente acaba de ser completado”, afirmou a McLaren em comunicado. O piloto de 31 anos comemorou a chance de seguir trabalhando na escuderia e desenvolver o novo carro. “O McLaren P1 GTR é um carro fenomenal, desenhado para ser o mais moderno em qualquer pista. Ele ganhou mais potência e torque, além de evoluções aerodinâmicas e aderência em relação ao já impressionante McLaren P1. A performance agora está em outro nível.”

Bruno concilia os trabalhos na McLaren com a temporada da Fórmula E, categoria de carros elétricos chancelada pela FIA. Piloto da equipe Mahindra, foi o 10º colocado da última temporada, vencida pelo também brasileiro Nelsinho Piquet – com importante contribuição de Senna na última corrida. Bruno vai defender novamente a equipe indiana na segunda edição da F-E e já participa dos treinos de pré-temporada.

McLaren P1 GTR utilizado pelo brasileiro Bruno Senna

McLaren P1 GTR utilizado pelo brasileiro Bruno Senna (/)

(da redação)

Member of The Internet Defense League