Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Brasil deve ser treinado por um brasileiro’, diz Guardiola

Técnico do Bayern de Munique negou contato com a CBF, mas despistou sobre as declarações de Daniel Alves, que disse que Pep queria treinar o Brasil

O técnico espanhol Pep Guardiola pôs fim nesta quinta-feira à especulação despertada por declarações do lateral Daniel Alves sobre seu interesse em treinar a seleção brasileira. Guardiola concedeu entrevista após o treino do Bayern de Munique e afirmou que jamais teve contato com a CBF ou um representante da confederação. Segundo ele, ter um treinador estrangeiro não seria o ideal para a seleção. “O Brasil tem de ser treinado por um brasileiro, alguém que conheça seu futebol. É o melhor. O Brasil sempre teve e sempre terá muito bons treinadores”, afirmou Guardiola em entrevista coletiva, em Munique.

Leia também:

Dunga convoca seleção com retornos de Kaká, Hulk e Lucas

‘Guardiola queria treinar o Brasil na Copa e não quiseram’, revela Daniel Alves

Parreira também era contra Guardiola na seleção: ‘Não ajudaria em nada’

O treinador despistou sobre as declarações de Daniel Alves, com quem trabalhou no Barcelona. “Ele gosta muito de mim e eu dele. Conversamos sobre milhões de coisas ao longo de quatro anos. E quatro anos é muito tempo.” Ele ainda deu uma dica tática para Dunga: afirmou que o Brasil precisa retomar o jogo pelas pontas para voltar a ter sucesso, e citou Douglas Costa, seu novo jogador no Bayern, como um grande talento da posição.

Felipão e Pep Guardiola conversam antes de amistoso na China

Felipão e Pep Guardiola conversam antes de amistoso na China (/)

(da redação)

Member of The Internet Defense League