Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bandeira de Mello é reeleito presidente do Flamengo e confirma Muricy como técnico

Novo treinador deve ser apresentado nesta terça-feira na Gávea

Eduardo Bandeira de Mello foi reeleito presidente do Flamengo nesta segunda-feira para um novo triênio à frente do clube, até o fim de 2018. O representante da Chapa Azul recebeu 1652 votos, contra 834 de Wallim Vasconcellos, da Chapa Verde, e 259 de Cacau Cotta, da Branca. Logo após a confirmação da vitória nas urnas, Bandeira de Mello anunciou a esperada contratação de Muricy Ramalho e revelou que o novo treinador deve ser apresentado ainda nesta terça-feira na Gávea.

Jorginho chora por queda do Vasco; Flamego tripudia

“Vamos apresentar o Muricy provavelmente nesta terça. Agora devemos superar obstáculos e montar o futebol que o Flamengo merece. Trabalhamos para fazer um time mais forte. Estamos trabalhando nisso. Muricy é um excelente profissional.” O presidente evitou dar detalhes sobre o contrato do novo técnico do Flamengo. “Eu estava trabalhando aqui na campanha, enquanto o pessoal da diretoria estava trabalhando nisso. Acho que o Muricy se encantou pelo Flamengo, com todos os atrativos do clube e com o desafio.”

Em seu primeiro mandato, Eduardo Bandeira de Mello teve como grande objetivo sanar as finanças do clube. Até certo ponto, alcançou esta meta, cessou as reclamações de salários atrasados, tão comuns em outras épocas, mas os resultados no campo não foram os esperados – o time terminou o Brasileirão na 12ª colocação.

A falta de grandes títulos, com exceção à Copa do Brasil de 2013, foi a grande reclamação da oposição. Mesmo assim, o atual presidente recebeu uma segunda chance dos eleitores com quase o dobro dos votos de seu principal concorrente, Wallim Vasconcellos – que chegou a anunciar que tinha tudo certo com o técnico argentino Jorge Sampaoli para 2016 – informação negada pelo treinador da seleção chilena.

(da redação)

Member of The Internet Defense League