Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Argentina punirá violência em estádios com portões fechados

Anúncio foi feito nesta quarta-feira pela AFA e entra em vigor a partir do dia 29

A Associação de Futebol Argentina (AFA) resolveu jogar duro contra a violência nos estádios: toda confusão será punida com um jogo com portões fechados para o clube cujos torcedores forem os responsáveis pelos atos violentos. A medida valerá a partir do dia 29 de março e foi anunciada nesta quarta-feira após os distúrbios ocorridos no fim de semana durante o jogo entre Colón e River Plate, que terminaram com três torcedores feridos. A decisão foi tomada em reunião com os dirigentes de clubes. O presidente do Belgrano, Armando Pérez, havia proposto que todos os jogos fossem disputados sem torcida visitante, mas a ideia foi rejeitada.

Leia também:

Leia também: Corintianos vão continuar presos na Bolívia

A medida, contudo, vale apenas para ações dentro dos estádios – do lado de fora, a punição, segundo o Comitê Executivo da AFA, deve ficar por conta dos órgãos de segurança pública. Os clubes disseram que não podem ser responsabilizados por ações de torcedores fora dos locais de jogo. Em fevereiro, dois torcedores morreram em conflitos fora de estádios: um do Tigre, que disputa a Libertadores, e outro do Gimnasia La Plata, da segunda divisão local.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência EFE)

Member of The Internet Defense League