Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Angelique Kerber bate Serena e fatura seu 1º Grand Slam na Austrália

A alemã jogou melhor e venceu a tenista número um do mundo por 2 sets a . Foi a primeira vez que a americana Serena Williams foi derrotada em uma final na Austrália

Serena Williams entrou em quadra neste sábado como grande favorita ao título do Aberto da Austrália. Para muitos, a decisão diante da surpresa Angelique Kerber era apenas uma questão de formalidade. Mas quem esperava uma conquista tranquila da americana, viu a alemã se agigantar, voltar à disputa após diversas frustrações durante a partida e faturar seu primeiro Grand Slam na carreira. Kerber exibiu um tênis praticamente perfeito para derrotar aquela que é uma das principais jogadoras da história da modalidade. Em uma batalha de pouco mais de duas horas, venceu por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/4, e triunfou logo na primeira vez em que foi a uma final de Grand Slam na carreira.

Até então, o melhor resultado de Kerber em um dos quatro principais torneios do circuito havia sido as semifinais em Wimbledon e no US Open. E ninguém esperava nada além disso da cabeça de chave número 7 do Aberto da Austrália em Melbourne, onde ela sequer havia chegado às quartas de final em suas oito participações anteriores. Com a conquista, Kerber não só surpreendeu o mundo do tênis como impediu que Serena igualasse a marca de sua compatriota Steffi Graf, com 22 títulos de Grand Slam. Esta, aliás, foi a primeira vez que a americana, número um do mundo, foi derrotada em uma decisão do Aberto da Austrália, onde ela já havia faturado seis títulos.

Leia também

Murray vence Raonic em 5 sets e vai à final do Aberto da Austrália

Martina Hingis é campeã do torneio de duplas do Aberto da Austrália

De Chapolin a estampa de coqueiro: os figurinos mais ousados do Aberto da Austrália

O jogo – A grande conquista de Kerber começou a ser desenhada no primeiro set deste sábado. A alemã mostrou que não daria vida fácil ao potente saque de Serena e o quebrou logo no terceiro game. A norte-americana até conseguiu devolver, mas viu sua adversária aproveitar outro break point no sétimo game para não mais perder a ponta. Mas Serena não é uma das melhores da história à toa e voltou para o jogo na parcial seguinte.

Mais agressiva, conseguiu uma quebra no quarto game e desta vez não deu chances para que a adversária se recuperasse, empatando a partida. Quando parecia que Serena assumiria o comando do jogo, Kerber surpreendeu mais uma vez e voltou ainda melhor no set de desempate. Buscou uma quebra logo de cara e parecia pronta para vencer. Só que mais uma vez, a líder do ranking voltaria a frustrar a expectativa da adversária com uma nova quebra. O sexto game do terceiro set acabou sendo o melhor da partida. Serena mostrou toda sua qualidade no saque, acelerou o jogo, mas encontrou uma Kerber inspiradíssima do outro lado, defendendo como podia e ousando com deixadinhas nos pontos mais decisivos. Falou mais alto a ousadia da alemã, que buscou a quebra.

Quando teve seu único ponto para o campeonato, aproveitou, devolveu bem o saque da adversária e contou com o erro dela para alcançar o inesperado. Quando o voleio de Serena quicou fora da quadra, Kerber foi ao chão, em um merecido choro de quem sequer era apontada como candidata a chegar à decisão do torneio. E de quem derrotou uma adversária que parecia invencível para conquistar seu primeiro Grand Slam na carreira.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League