Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alonso cogita saída da F1: ‘Há outras categorias’

Piloto espanhol faz temporada ruim pela McLaren, dez anos depois de seu 1º título

Bicampeão mundial de Fórmula 1, o espanhol Fernando Alonso completa nesta sexta-feira dez anos de seu primeiro título, conquistado quando guiava a Renault, no GP do Brasil, em 2005. Uma década depois, ele não tem tantos motivos para comemorar e até cogita deixar a principal categoria do automobilismo. Aos 34 anos, o piloto da McLaren é o 15º colocado do Mundial de pilotos, muito distante da disputa pelo título. Logo depois dos treinos livres para o GP do Japão, em Suzuka, Alonso disse que seu objetivo é voltar a ser campeão, onde quer que seja.

“Sinto que já se passaram mais anos do que realmente foram, parece que já se vão 20 anos desde que eu ganhei o título. Acho que na Rússia será meu 250º GP, mas como se costuma dizer, dez anos não são nada, e eu espero poder conquistar o Mundial novamente. E se eu não estiver aqui na Fórmula 1, há outras categorias para ser campeão, então eu ainda tenho mais alguns anos”, disse Alonso, que cogitou correr as 24 Horas de Le Mans nesta temporada, mas foi proibido pela McLaren por força de contrato.

Leia também:

F-1: Volante de 100.000 euros é roubado no GP da Itália

F1: em último, Alonso leva na esportiva e posta foto de cabeça para baixo

F1: Alonso diz que McLaren deve focar na temporada 2016

Treino – A fase de Fernando Alonso não melhorou em Suzuka: o espanhoi foi apenas o 17º colocado do segundo treino livre, na madrugada desta sexta. O piloto russo Daniil Kvyat, da Red Bull, foi o mais veloz da atividade, marcada pela forte chuva que impossibilitou os pilotos de marcar tempo durante a última meia hora. Kvyat completou o circuito em 1min48s277, 23 milésimos à frente do alemão Nico Rosberg, da Mercedes. O terceiro melhor tempo ficou com o líder do Campeonato Mundial de Fórmula 1, o britânico Lewis Hamilton, também da Mercedes.

Entre os brasileiros, o melhor foi Felipe Nasr, da Sauber, com o nono tempo, enquanto Felipe Massa, da Williams, foi apenas o 16º. No primeiro treino, que só contou com doze competidores por causa da chuva, o espanhol Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso, foi o mais rápido, com o tempo de 1min49s434. O terceiro treino livre em Suzuka está marcado para a meia-noite de sexta para sábado. A disputa pela pole position acontecerá em seguida, às 03h (de Brasília).

Classificação do segundo treino livre para o Grande Prêmio do Japão:.

1. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull): 1min48s277.

2. Nico Rosberg (ALE/Mercedes):1min48s300.

3. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes): 1min48s853.

4. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull): 1min49s097.

5. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari): 1min50s268.

6. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari): 1min50s319.

7. Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso): 1min50s418.

8. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso): 1min50s542.

9. Felipe Nasr (BRA/Sauber): 1min50s968.

10. Pastor Maldonado (VEN/Lotus): 1min51s557.

11. Nico Hülkenberg (ALE/Force India): 1min51s674.

12. Jenson Button (GBR/McLaren): 1min51s861.

13. Marcus Ericsson (SUE/Sauber): 1min51s934.

14. Sergio Pérez (MEX/Force India): 1min52s070.

15. Romain Grosjean (FRA/Lotus): 1min52s534.

16. Felipe Massa (BRA/Williams): 1min52s765.

17. Fernando Alonso (ESP/McLaren): 1min55s239.

18. Will Stevens (GBR/Manor): 1min58s059.

19. Alex Rossi (EUA/Manor): 1min59s419.

20. Valtteri Bottas (FIN/Williams): sem tempo

(com agências Gazeta Press e EFE)

Member of The Internet Defense League