Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A piada (boa) que custou o emprego de um diretor da Fifa

Responsável pela comunicação da entidade, Walter De Gregorio deixou o cargo após contar uma anedota sobre a corrupção no futebol em um programa de televisão da Suíça

O diretor de comunicação da Fifa, Walter De Gregorio, perdeu o emprego dois dias depois de contar uma piada sobre o escândalo de corrupção no futebol em um canal de televisão suíço.

De Gregorio participava de um programa de entrevistas quando, já no final da atração, o apresentador perguntou se o diretor tinha alguma piada favorita envolvendo a entidade. Com um sorriso nos lábios, De Gregorio não deixou o entrevistador sem resposta. “O presidente da Fifa, o secretário-geral e o diretor de comunicação estão viajando em um carro. Quem está dirigindo?”, perguntou ele, para logo em seguida concluir: “A polícia”.

LEIA TAMBÉM:

Parlamento europeu pede a saída imediata de Joseph Blatter

Fifa convoca reunião em julho para começar a definir presidente

O bom humor do funcionário, porém, parece não ter divertido a Fifa. Na quinta-feira, a entidade anunciou que De Gregorio vai deixar o cargo de diretor de comunicação, posto que ocupava desde setembro de 2011. Oficialmente, a Fifa alega que ele pediu demissão e que vai continuar a colaborar como consultor até o final do ano. “Somos imensamente agradecidos por tudo o que [De Gregorio] fez”, disse Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa e um dos personagens da anedota do agora ex-diretor.

A imprensa europeia, no entanto, reporta que De Gregorio foi demitido e que a piada teve um papel importante na decisão. Segundo a rede britânica BBC, a saída do diretor foi um pedido pessoal do presidente Joseph Blatter – que talvez tenha se irritado com a possibilidade cada vez maior da piada de seu subordinado se tornar realidade.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League