Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Whitney Houston vai ganhar documentário de diretor vencedor do Oscar

Longa é o primeiro a ser aprovado pela família da cantora, que morreu em 2012

A cantora Whitney Houston, que morreu em 2012, terá sua vida e carreira retratadas nos cinemas em um documentário dirigido por Kevin Macdonald, que já comandou os filmes O Último Rei da Escócia e Intrigas de Estado, e também foi vencedor do Oscar de melhor documentário em 1999 por Um Dia em Setembro. A informação foi divulgada na quinta-feira, pelo site oficial sobre a cantora, uma vez que este é o primeiro longa autorizado pela família dela.

LEIA MAIS:

Filha de Whitney Houston morreu por combinação de afogamento e drogas

Whitney Houston: afogamento e overdose podem ter matado cantora

O filme ainda não tem título definido, mas deve estrear em 2017. Ele será produzido por Simon Chinn, que também é vencedor dos Oscars de melhor documentário, por Procurando Sugar Man (2012) e O Equilibrista (2008). A cantora já foi o foco do telefilme Whitney, dirigido por Angela Bassett e estrelado por Yaya DaCosta, lançado em 2015.

Whitney era dona de uma voz incomparável e poderosa, responsável por hits eternos. como I Will Always Love You, I Wanna Dance With Somebody. Ela inspirou uma geração de cantoras mais novas como Mariah Carey, Lady Gaga, e Beyoncé. Porém, nos últimos anos de vida, passou a chamar mais atenção pela sua vida pessoal, do que por sua música, devido ao seu relacionamento conturbado com o cantor Bobby Brown e o vício em drogas. A artista morreu em 2012, afogada em sua própria banheira, após consumir cocaína.

O diretor do projeto explicou, através do site oficial da cantora, o quê o documentário deve explorar. “Whitney tinha a maior voz dos últimos 50 anos. Ela mudou a forma como a música pop é cantada. Ela também foi completamente original em ser uma estrela pop negra que elevou sua raça a nível mundial com o seu trabalho vendido em países onde artistas negros não vendem. Conseguimos acesso a cenas inéditas, desde suas origens cantando em seu coral gospel da igreja, até o dia da sua morte trágica”, revelou.

I Will Always Love You (1992)

Escrita pela cantora Dolly Parton e gravada por Whitney Houston em 1992 para o filme O Guarda-Costas, no qual ela atuou ao lado de Kevin Costner, tornou-se o grande hit da cantora, passando quatorze semanas no topo da Billboard. A música ainda levou dois Grammy, um por gravação do ano e outra por melhor performance pop individual.

Greatest Love Of All (1986)

Escrita por Michael Masser e Linda Creed e gravada originalmente por George Benson para o filme The Greatest, uma biografia do lutador Muhammad Ali, de 1977, a música só se popularizou quando foi gravada por Whitney Houston, em 1986.

How Will I Know (1985)

Quando George Merrill e Shannon Rubicam escreveram a música, queriam que Janet Jackson a gravasse, mas a irmã de Michael não quis, mas a música se tornou um sucesso na voz de Whitney Houston, em 1985.

I Wanna Dance With Somebody (Who Loves Me) (1987)

Assim como How Will I Know, foi escrita pela dupla George Merrill e Shannon Rubicam, após o grande sucesso da primeira. A música levou o Grammy por melhor performance pop individual. 

Didn’t We Almost Have It All (1987)

Escrita por Michael Masser e Will Jennings, foi gravada pela primeira vez por Whitney Houston em 1987, e rapidamente se tornou um grande sucesso, alcançando a primeira posição na lista da Billboard

All The Man That I Need (1990)

Escrita por Dean Pitchford e Michael Gore especialmente para Linda Clifford, em 1982, mas a música só se tornou um grande sucesso e alcançou o topo da Billboard quando Whitney Houston a gravou, em 1990.

Saving All My Love For You (1985)

Escrita por Michael Masser e Gerry Goffin, foi hit em 1978 quando Marilyn McCoo e Billy Davis Jr. a gravaram. Foi com ela que Whitney Houston estourou nas paradas de sucesso quando lançou seu primeiro disco, em 1985, e com a qual levou o seu primeiro Grammy, por melhor performance pop individual.

So Emotional (1987)

Composta por Billy Steinberg e Tom Kelly, também autores das músicas Like a Virgin, de Madonna, e True Colors, de Cyndi Lauper, ambas grandes hits dos anos 1980, So Emotional não faria diferente com Whitney Houston em 1987, se tornando sua sexta música consecutiva a ocupar a primeira posição da lista da Billboard.

It’s Not Right but It’s Okay (1999)

Foi o último grande hit de Whitney Houston, em 1999. Inicialmente lançada como lado B de Heartbreak Hotel, a música se tornou um de seus singles e rendeu a ela o primeiro lugar na lista de músicas dance na Billboard, além do Grammy por melhor performance feminina de R&B.

We Didn’t Know (1992)

Este dueto de Whitney Houston com Stevie Wonder foi lançado no terceiro álbum da cantora, I’m Your Baby Tonight. Mas não fez muito sucesso, tendo alcançado apenas a vigésima posição na lista de R&B da Billboard.

When You Believe (1998)

Foi gravada por Mariah Carey e Whitney Houston para a animação O Príncipe do Egito.

Member of The Internet Defense League