Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sam Smith leva bronca de roteirista por gafe no Oscar

O cantor britânico Sam Smith venceu o Oscar 2016 de melhor canção original e decidiu homenagear a comunidade LGBT em seu discurso de agradecimento. O que deveria ter sido uma mensagem forte e relevante, porém, acabou se tornando uma gafe – e fez de Smith alvo de críticas nas redes sociais.

Leia também:

Vitória de DiCaprio, Gloria Pires indisposta e outros memes do Oscar 2016

Os melhores – e piores – looks do Oscar 2016

“Eu li um artigo há alguns meses de Ian McKellen e ele disse que nenhum homem gay assumido ganhou um Oscar. Se esse é o caso, e mesmo que não seja, quero dedicar o prêmio à comunidade LGBT ao redor do mundo”, disse ele, arrancando aplausos da plateia. Acontece que esse não é o caso. Ou seja, outros homens declarados gays já levaram a estatueta para casa, incluindo Elton John e Dustin Lance Black, que venceu na categoria de melhor roteiro original em 2009 pelo filme Milk.

Leia também:

Oscar surpreende e elege ‘Spotlight’ o melhor filme do ano

Sim, chegou a vez dele: Leonardo DiCaprio é premiado no Oscar

Confira a lista completa de ganhadores do Oscar 2016

Diante da gafe cometida pelo cantor, Black escreveu uma mensagem no Twitter com o link do vídeo que mostra a sua vitória no Oscar. Na mensagem, aproveitou para cutucar Smith: “Sam Smith, se você não tem ideia de quem eu sou, talvez seja a hora de parar de mandar mensagens para o meu noivo”, disse o roteirista, que é noivo do atleta britânico Tom Dailey.

Member of The Internet Defense League