Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os decotes do Oscar a caminho da vida real

Recortes em V e U voltarão a ser tendência. Confira dicas de como usar

Da ousada (e belíssima) Charlize Theron até a jovem com cara de ingênua Saoirse Ronan, as atrizes que desfilaram pelo tapete vermelho do Oscar neste domingo usaram e abusaram de decotes profundos. Os mortais espectadores agradecem. Na vida real, o decote, coitado, anda em baixa – mas prepara um retorno retumbante às lojas.

Antes de o Oscar ser palco para as decotadas, o recorte profundo, especialmente em V, foi visto nas passarelas das semanas de moda pelo mundo na última temporada de outono/inverno 2016-17. Caso da grife Calvin Klein Collection, que apostou na pegada sensual na alfaiataria, com terninhos abertos e o colo exposto em blusas de seda e cetim e o recorte em V – estilo apelidado de camisola. Marcas como Ralph Lauren, Marchesa e até a nacional Colcci também exibiram a tendência em seus desfiles.

Segundo Sofia Martellini, especialista em tendências da WGSN na América Latina, o reflexo dos decotões no cotidiano deve acontecer próximo do fim do ano. “As silhuetas superfemininas, com decotes e fendas profundas, e muita cintura marcada, já foram vistas nas passarelas. Porém, no varejo, o estilo vai ter mais relevância no próximo verão”, diz.

Leia também:

Gloria Pires e seu ‘momento Vanusa’ no Oscar: ‘Claro que vi a maioria dos filmes’

Oscar surpreende e elege ‘Spotlight’ o melhor filme do ano

Como usar – Além do recorte em V, o chamado decote em U profundo, visto no Oscar no corpo escultural de Olivia Wilde, e na festa pós-premiação na magra Taylor Swift, também estará em alta, mas com parcimônia. “É um decote mais difícil de ser usado no cotidiano, provavelmente vai aparecer apenas em modelos de moda festa”, diz Sofia.

Camila Toledo, consultora do seminário Senac Moda Informação, alerta para o uso do V no dia a dia, sem cair no vulgar. “O decote profundo será mais visto na rua, em reuniões de amigos e também em festas. No trabalho, é arriscado”, sugere. “Ele é muito sexy. Mas pode ser combinado com acessórios e lingeries que vão dividir a atenção.”

Alguns sutiãs e tops especiais, com alças que devem aparecer, são opções que ajudam a dar segurança e também a decorar o look. A bijuteria de corpo, como o colar usado por Charlize, e as gargantilhas ou colar-coleira, também conhecido como choker, são boas opções. Taylor foi uma que apostou no acessório dourado para combinar com o elegante vestido preto.

Mad Max, que ganhou várias estatuetas no Oscar, é, aliás, uma inspiração para os acessórios que estarão na moda”, conta Camila. “Pingentes compridos e acessórios em couro, com toque militar e não fetichista, são apostas e ajudam a disfarçar o decotão.”

Cintos chamativos também são boas opções, conta Sofia. Como combinou a atriz Brie Larson, que usou um vestido de alcinha espaguete, decote em V discreto, e o acessório com brilhantes chamativo na cintura.

Tudo em cima – É difícil pensar no uso de decotes profundos e não lembrar da avantajada Kim Kardashian, que recentemente dividiu com seus seguidores do Instagram um segredo para deixar a comissão de frente, por assim dizer, bem posicionada. A socialite publicou uma foto em que aparece nua, apenas com fita-crepe larga, do ombro até os seios, truque que serve para deixá-los para cima e disfarçar o bico. Mas é um martírio para ser retirado, como a própria afirmou.

Para quem não sofre do drama “muito peito”, uma ajuda e tanto é o uso de fita dupla face no corpo, o que segura a roupa no lugar, ou os modelos com tule da cor da pele, que dão segurança. Já para disfarçar a falta de um sutiã, existe no mercado uma bolinha côncava de silicone que não machuca o bico do peito. “Dá pra usar cerca de cinco vezes, dependendo da marca”, conta Camila.

Member of The Internet Defense League