Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘O Futebol’ e ‘Um Caso de Família’ vencem festival É Tudo Verdade

Em sua 21ª edição, evento que premia documentários optou por filmes confessionais e autobiográficos

Com o filme O Futebol, o cineasta Sérgio Oksman, brasileiro radicado na Espanha, venceu a competição nacional do 21º Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade. A poucos dias da realização da Copa no Brasil, Sérgio contactou o pai, de quem vivia afastado. O futebol sempre havia sido a ligação entre os dois. Menino, o pai levava-o aos estádios para ver seu time jogar. E se os dois vissem a Copa juntos? E, se, desse reencontro, fosse feito um filme? A produtora Zita Carvalhosa montou uma equipe pequena e eficiente. Tudo foi feito e decidido rapidamente. O que Sérgio nem o pai podiam prever foi o que ocorreu durante o processo. Não, não foi o vexame dos 7 a 0 perante a Alemanha.

Mais que um filme de conversas entre pai e filho, é um filme de silêncios. Eles estão juntos, mas talvez não próximos como Sérgio e até o pai gostariam. O Futebol venceu na categoria longa. O melhor curta brasileiro, segundo o júri, foi Abissal, de Arthur Leite. Um jovem tenta levar uma investigação sobre o avô, que sumiu da vida familiar, quando ele era criança. A avó decide contar a história da traição do marido. Segredos familiares vêm à tona. Os vencedores de ambas as competições, a brasileira e a internacional, foram filmes realizados na primeira pessoa. Confessionais, autobiográficos.

O colegiado atribuiu uma menção honrosa a Imagens do Estado Novo – 1937/45 e o longa de Eduardo Escorel – põe longa nisso: quase quatro horas -, enriquecido por minuciosa pesquisa e rico material iconográfico, possui o que se chama de urgência política.

Leia também:

Vencedor do Festival de Berlim ganha trailer e data de estreia no Brasil

‘Making a Murderer’ e os dilemas morais de um gênero ​

Diretor de ‘Amy’ e ‘Senna’ quer fazer filme sobre Maradona

Na competição internacional, Um Caso de Família, de Tom Fassaert, levou o prêmio de melhor documentário longa pelo Júri Oficial. Coprodução de Holanda, Bélgica e Dinamarca, o filme narra a história da avó do cineasta, uma femme fatale devoradora de homens. A Visita, de Pippo Delbono, venceu na categoria de curta. Os longas Gigante, de Zhao Liang, e Sob o Sol, de Vitaly Mansky, conquistaram menção honrosa, assim como o curta O Atirador de Elite de Kobani, de Reber Dosky.

Confira abaixo o trailer de O Futebol:


(Da redação com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League