Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Não estou me aposentando’, diz vocalista do AC/DC

Brian Johnson, que abandonou a turnê da banda por problemas de saúde, agradeceu os companheiros do grupo e se disse otimista para um retorno

Pouco após o AC/DC anunciar o cancelamento de diversos shows da turnê europeia e americana por problemas de saúde de seu vocalista Brian Johnson, a banda australiana confirmou que as apresentações prosseguiriam com Axl Rose, do Guns N’ Roses, como novo frontman. A decisão revoltou muitos fãs nas redes sociais, que não gostaram da substituição e consideraram uma falta de respeito com Johnson. Nesta terça-feira, o ex-vocalista falou pela primeira vez sobre o assunto através de comunicado para a imprensa onde afirma: “Não estou me aposentando”.

LEIA TAMBÉM:

AC/DC suspende turnê por risco de vocalista perder audição

Axl Rose vai se juntar à banda AC/DC em turnê

Veteranos do AC/DC se rendem ao streaming

No texto, o músico explica que teve que se retirar dos palcos por causa de problemas auditivos e que, se ele continuasse a se apresentar em estádios e arenas, com o som nas alturas, poderia perder a audição em definitivo. “Meu médico me disse que eu posso continuar gravando em estúdio e eu pretendo fazer isso”, acrescentou.

Ele ainda afirmou que abandonou a turnê em respeito ao público e a banda. “Nossos fãs merecem uma apresentação no mais alto nível. Se por algum motivo eu não conseguir alcançar esse desempenho, não quero desapontar ninguém nem embaraçar os outros membros do AC/DC”, afirmou o vocalista, que também contou que sentia dificuldades em ouvir as guitarras dos companheiros no palco. Isso acabava comprometendo a qualidade de sua performance já que, por vezes, não conseguia acompanhar a música.

Segundo ele, a decisão de se afastar dos palcos foi difícil, sendo definida por ele como “o pior dia da minha vida profissional”. O vocalista ainda fez questão de agradecer seus companheiros de banda pelo suporte. “Meus agradecimentos também vão para Angus (Young) e Cliff (Williams) pelo apoio deles”, disse.

Johnson, entretanto, encerrou a carta com um tom otimista. “Eu estou esperançosos que daqui um tempo minha audição vai melhorar e poderei retornar às performances ao vivo. Enquanto isso, é incerta minha atitude otimista. Apenas o tempo dirá.”

Member of The Internet Defense League