Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

JK Rowling escreve tatuagem para fã que sofria bullying

Leitora pediu por um feitiço, escrito na caligrafia da escritora, para tatuar no pulso e cobrir os sinais de automutilação

J.K. Rowling, a criadora de Harry Potter, alegrou a vida de uma fã nesta quarta-feira. Kate disse, em uma carta à escritora, ser uma sobrevivente de bullying, agressão sexual, e múltiplas tentativas de suicídio. “Eu não estou orgulhosa destas coisas, mas é quem eu sou. Eu também estou tentando dar o meu melhor para parar de me prejudicar”, disse, antes de pedir à autora que ela escrevesse, com sua caligrafia, um feitiço, para ser tatuado sobre os cortes que a jovem fez na própria pele.

LEIA TAMBÉM:

‘Harry Potter’: J.K. Rowling se desculpa pela morte de Remo Lupin

J.K. Rowling é criticada por história sobre índios americanos

J.K. Rowling anuncia oitavo livro da saga ‘Harry Potter’

Ativa nas redes sociais, J.K. viu o pedido de Kate e escreveu em um papel “Expecto Patronum”, um feitiço de proteção de seu universo literário, que combate Dementadores – seres malignos causadores de depressão profunda -, e enviou uma foto para a garota tatuar em seu pulso. “Admiro que você esteja lutando para se curar e se proteger. Você merece isso. Espero que ajude”, escreveu a autora.

A fã logo agradeceu a escritora. “Sou imensamente grata e abençoada por ter alguém tão incrível como J.K. Rowling na minha vida. Ela tem um dos maiores e mais amorosos corações”, publicou no Twitter ao receber a imagem. Kate ainda não se tatuou, mas prometeu mostrar o processo através de um vídeo nas redes sociais.

A escritora J.K. Rowling

 (/)

Member of The Internet Defense League