Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Hollywood agora trabalha para a China’, diz Pedro Almodóvar

Diretor espanhol citou como exemplo o filme 'Círculo de Fogo', cuja arrecadação chinesa correspondeu a mais de 25% da bilheteria total do longa

Pedro Almodóvar, que estreia dia 8 abril na Espanha seu filme Julieta, afirmou nesta sexta-feira durante um bate-papo com o artista Miquel Navarro, que “Hollywood agora trabalha para a China” e criticou a produção “abusiva” de filmes de robôs e super-heróis. “Os filmes com investimentos de 200 milhões de dólares naturalmente pensam em outras coisas do que em refletir os problemas do americano médio”, afirmou durante o encontro, organizado pelo jornal El Mundo dentro da feira de arte ARCO, que acontece em Madri.

Leia também:

Almodóvar: ‘Berlusconi daria um grande personagem para filme’

Guillermo del Toro confirma sequência de ‘Círculo de Fogo’

“Na Europa, por sorte, fazemos um cinema mais barato e podemos falar de nossos entornos. Meus filmes se passam em cozinhas, banheiros, quartos e frentes de edifícios, e posso falar do que me interessa.”

Em relação ao mercado de cinema chinês, o segundo maior do mundo, Almodóvar deu como exemplo já estar em andamento a sequência de Círculo de Fogo, de Guillermo del Toro, apesar de o filme não ter feito sucesso em nenhum país, “exceto na China, onde funcionou astronomicamente”. De fato, a arrecadação chinesa correspondeu a mais de 25% da bilheteria total do filme, que foi de 411 milhões de dólares, de acordo com o site especializado Box Office Mojo.

Em Julieta, protagonizado pelas atrizes espanholas Adriana Ugarte e Emma Suárez, o diretor espanhol volta ao drama e ao universo feminino, com uma história que atravessa 30 anos, de 1985 a 2015, e que falará do destino inevitável, do complexo de culpa e da dor que o abandono traz.

(Com agência EFE)

Member of The Internet Defense League