Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

'Game of Thrones': 17 episódios para ver (ou rever) antes da 8ª temporada

As principais batalhas, mortes e acontecimentos da série baseada nos livros de George R. R. Martin

A oitava e última temporada da série Game of Thrones está chegando à HBO, para desespero dos fãs, a partir do dia 14 de abril. Apenas seis episódios de cerca de uma hora vão compor a parte final da história, que ainda não chegou a ser concluída nos livros por seu criador, George R. R. Martin, e um clima de segredo envolve cada detalhe da produção. Para relembrar tudo o que aconteceu até aqui ou se situar nesse universo fantástico pela primeira vez e se preparar para acompanhar o desfecho, saiba quais são os 17 episódios essenciais que reúnem tudo o que é preciso conhecer sobre a Guerra dos Tronos e seus exércitos de lobos, leões e dragões.

As sete temporadas já exibidas estão disponíveis na HBO Go para assinantes e, até o dia 12 de abril, quem não é assinante também poderá assistir, gratuitamente, às duas primeiras temporadas no serviço.

Para quem nunca assistiu à série e quer ficar longe de spoilers, o guia de episódios abaixo tem apenas descrições curtas. Já para quem não tem medo de segredos, uma lista mais detalhada está disponível em seguida. 

 

Guia de episódios essenciais de Game of Thrones – sem spoilers

 

TEMPORADA 1

Episódio 1: Winter Is Coming

O primeiro episódio apresenta as três famílias centrais da trama – Starks, Lannisters e Targaryens – e introduz os Caminhantes Brancos (White Walkers).

Episório 9: Baelor

Aqui, o público vai começar a aprender, da pior maneira, que não pode se apegar a nenhum personagem da história criada por George R. R. Martin.

Episódio 10: Fire and Blood

Descubra por que Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) ficou conhecida como “a mãe dos dragões”.

 

TEMPORADA 2

Episódio 9: Blackwater

A primeira grande batalha de Game of Thrones mostra o poder do lendário e misterioso “fogo vivo” em toda a sua potência.

 

TEMPORADA 3

Episódio 4: And Now His Watch Is Ended

A “mãe dos dragões” se revela uma grande revolucionária antiescravagista e adquire seu principal exército: os Imaculados.

Episódio 9: The Rains of Castamere

Este é o episódio que ficou conhecido como “o casamento vermelho”. Respire fundo antes de dar o play. 

 

TEMPORADA 4

Episódio 2: The Lion and the Rose

Mortes chocantes vão, aos poucos, se tornando a especialidade da série. Aqui, um personagem muito importante (e muito odiado) é envenenado.

Episódio 10: The Children

Tyrion Lannister (Peter Dinklage) sempre foi a ovelha negra da família e, agora, é hora de acertar as contas com os parentes e escolher um novo lado da guerra.

 

TEMPORADA 5

Episódio 8: Hardhome

Pela primeira vez, vemos de perto do que os Caminhantes Brancos e seu exército de mortos-vivos são capazes – Jon Snow (Kit Harington) que se cuide!

Episódio 10: Mother’s Mercy

Três personagens importantes morrem nesse episódio, incluindo um favorito do público.

 

TEMPORADA 6

Episódio 2: Home

Aqui, os produtores da série mostram que não têm o coração tão gelado assim e trazem um personagem de volta do mundo dos mortos.

Episódio 5: The Door

“Não tão gelado”? Esqueça. Este é o episódio mais triste de todo o seriado, quando é revelada a verdade sobre o passado de um personagem secundário e os poderes psíquicos de Bran Stark (Isaac Hempstead Wright) começam a ser explicados.

Episódio 9: Battle of the Bastards

O episódio que detalha a batalha entre o exército de Jon Snow e as forças de Ramsey Bolton (Iwan Rheon) ganhou seis Emmys e é reconhecido até hoje como um dos grandes momentos cinematográficos da série.  

Episódio 10: The Winds of Winter

O inverno chega e, com ele, a vingança apoteótica de Cersei Lannister (Lena Headey) contra todos os seus inimigos na corte. Sua ação, porém, vem com um custo…

 

TEMPORADA 7

Episódio 4: The Spoils of War

Daenerys está empenhada em derrubar Cersei do trono e, para isso, vai demonstrar a força do seu dragão favorito, Drogon.

Episódio 6: Beyond the Wall

A guerra começa a se complicar quando os Caminhantes Brancos ganham um aliado poderoso.

Episódio 7: The Dragon and the Wolf

No último episódio, Daenerys, Jon Snow e Tyrion se encontram com Cersei para formar uma aliança na guerra que está por vir, desta vez contra os Caminhantes Brancos e seus mortos-vivos. 

Veja também
  • query_builder

Guia de episódios essenciais – COM SPOILERS

 

TEMPORADA 1

Episódio 1: Winter Is Coming

Cena do episódio 1 da temporada 1 de Game of Thrones

O primeiro episódio, verdade seja dita, é um dos mais arrastados da série, mas é indispensável para compreender, entre tantas mortes e reviravoltas, quem são as peças centrais desse jogo dos tronos.

Aqui, o espectador é apresentado primeiro aos mortos-vivos, criaturas que se acreditava extintas comandadas por homens azulados conhecidos como Caminhantes Brancos (White Walkers, no original), e aos selvagens que vivem além da Muralha. Consequentemente, é mostrado o significado da Muralha – uma barreira que separa a “civilização”, ao sul, de um mundo frio e cheio de mistérios, ao norte.

Também conhecemos as três famílias que, mais tarde, lutarão pelo trono de ferro: os Starks, nobres e justos; os Lannisters, gananciosos e mesquinhos; e os Targaryens, clã a que pertencia o rei anterior e que foi dizimado, sobrando apenas dois irmãos isolados nas ilhas do sul.

Neste episódio, Ned Stark (Sean Bean) é convidado pelo rei Robert Baratheon (Mark Addy) para ser sua “mão” (seu braço direito) na capital Porto Real. A rainha Cersei Lannister (Lena Headey) é flagrada nos braços do irmão Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) por Bran Stark (Isaan Hempstead Wright), de 10 anos, e Jaime empurra o garoto pela janela. Longe dali, o herdeiro Targaryen vende a irmã Daenerys (Emilia Clarke) para um grupo de bárbaros em troca de apoio militar, para lutar pelo trono de ferro.

 

Episódio 9: Baelor

Sean Bean em cena do episódio 9 da temporada 1 de' Game of Thrones'

Então você passou uma temporada inteira torcendo pelos Starks. Ned está preso injustamente, acusado de matar o rei. Jon Snow (Kit Harrington) foi mandado para a Muralha, Sansa (Sophie Turner) foi prometida ao filho mais cruel de Cersei, que assumiu o trono, Bran está imobilizado numa cama em Winterfell (lar dos Starks), Robb (Richard Madden) está liderando um exército contra os Lannisters ao lado da mãe, e Arya (Maisie Williams) está tentando fugir da capital. O que acontece? O primeiro choque de realidade dos fãs de Game of Thrones: Ned Stark, o líder do clã e herói da temporada, é decapitado em praça pública.

 

Episódio 10: Fire and Blood

Emilia Clarke em cena do episódio 10 da temporada 1 de' Game of Thrones'

O final da primeira temporada é realmente explosivo e, depois de Ned Stark literalmente perder a cabeça, o começo da “guerra dos tronos” é quando seus apoiadores declaram independência da Capital e nomeiam Robb, filho mais velho de Ned, como o “Rei do Norte”.

Mas o evento mais importante acontece no extremo sul. Daenerys se casou com o líder dos Dothrakis, Khal Drogo (Jason Momoa), que matou o irmão dela e a libertou. Ele agora está gravemente ferido e ela, grávida, recorre à magia negra. Quando o feitiço dá errado, a jovem Targaryen dá à luz uma criança monstruosa e morta, enquanto Drogo revive, mas apenas como uma concha vazia. Decepcionada, ela o mata de vez e levanta uma pira para queimar seu corpo, mergulhando no fogo junto com ele e com os três ovos de dragão que ganhara de casamento. Na manhã seguinte, Daenerys emerge viva e acompanhada de três filhotes de dragão.

 

TEMPORADA 2

Episódio 9: Blackwater

Cena do episódio 9 da temporada 2 de' Game of Thrones'

Os nonos episódios vão, aos poucos, se estabelecendo como palco de grandes eventos em todas as temporadas da série. Aqui, marca-se a primeira vez que um capítulo inteiro é dedicado a uma batalha: a de Água Negra (ou Blackwater).

O confronto acontece quando Stannis Baratheon (Stephen Dillane), irmão do falecido rei e pretendente ao trono, invade a capital Porto Real pelo mar. Sua frota é recebida por um único barco, que explode revelando o poderoso e mortal “fogo vivo”, até então mantido em segredo nos porões do castelo.

A batalha segue para a baía, de onde o atual rei Joffrey (Jack Gleeson), filho mais velho de Cersei, foge, desmoralizando seus soldados. Tyrion (Peter Dinklage), irmão de Cersei e Jaime, assume o comando e garante a vitória, com a ajuda de um exército-surpresa liderado pelo pai. Essa é a primeira vez que Tyrion assume um papel de liderança e se sai bem com isso, mas também é nesse momento que ele começa a suspeitar de que seu pai quer vê-lo morto.

 

TEMPORADA 3

Episódio 4: And Now His Watch Is Ended

Emilia Clarke em cena do episódio 4 da temporada 3 de' Game of Thrones'

Depois de renascer das cinzas, Daenerys tem três dragões e o apoio do povo guerreiro Dothraki, mas isso não é suficiente para amparar sua campanha rumo ao trono de ferro (sim, ela também se considera a herdeira por direito). Estrategista nata, ela decide fazer negócios com o “dono” de um exército lendário de 8.000 homens, chamados de “imaculados”. Ela propõe trocar um de seus dragões pela tropa inteira e é desrespeitada pelo homem, que acredita estar falando num idioma que ela não conhece. Ela, porém, conhece bem a língua e, ao final da transação, ordena que seu novo exército se volte contra todos os mestres da cidade e liberte seus escravos. Ela também ordena que o dragão mate o homem que a insultou. É aqui que se descobre o perfil libertário de Daenerys, que se tornará símbolo da luta contra a sociedade escravagista do sul.

 

Episódio 9: The Rains of Castamere

Michelle Fairley em cena do episódio 9 da temporada 3 de' Game of Thrones'

Mesmo quem nunca assistiu a um episódio de Game of Thrones provavelmente já ouviu falar no “casamento vermelho” – aquele momento traumatizante em que os fãs percebem que qualquer um dos seus personagens favoritos pode morrer a qualquer momento nas mãos de George R. R. Martin. Em The Rains of Castamere, um casamento se realiza para oficializar a aliança entre duas casas na guerra: uma união entre a filha de Walder Frey (David Bradley) e o irmão de Catelyn Stark (Michelle Fairley).

Quando os noivos deixam o salão, todas as portas são fechadas e o clã dos Frey começa a cantar a música que dá nome ao episódio – uma canção tradicional dos Lannister, rivais dos Starks. Catelyn percebe a emboscada, mas é tarde demais: ela, seu filho Robb, a esposa grávida dele e todo o exército Stark são massacrados num verdadeiro banho de sangue.

 

TEMPORADA 4

Episódio 2: The Lion and the Rose

Jack Gleeson em cena do episódio 2 da temporada 4 de' Game of Thrones'

Outro casamento, outra morte grotesca. É assim que as coisas funcionam no universo de Game of Thrones. No início da quarta temporada, o rei Joffrey se casa com Margaery Tyrell (Natalie Dormer), que assumiu o lugar prometido a Sansa depois que Ned foi morto, numa cerimônia marcada por demonstrações da crueldade do jovem monarca. A festa, porém, é interrompida bruscamente quando o rei engasga após tomar uma taça de vinho e comer um pedaço de bolo, um dos quais estava envenenado. Ninguém sabe quem foi o assassino, mas Tyrion é quem leva a culpa.

 

Episódio 10: The Children

Peter Dinklage em cena do episódio 10 da temporada 4 de' Game of Thrones'

Depois de ser sentenciado à morte pelo assassinato do rei Joffrey, de exigir um julgamento por combate e ver seu campeão ter a cabeça brutalmente esmagada pelo adversário, Tyrion consegue fugir com a ajuda do irmão Jaime. No caminho, porém, ele flagra sua ex-namorada na cama de seu pai. Furioso, ele a mata e segue, com a arma de Joffrey, para fazer o mesmo com o pai, que encontra sentado numa privada. O poderoso Tywin (Charles Dance) morre assim, sentado e indefeso, pelas mãos do filho, que foge rumo ao sul, onde vai se juntar a Daenerys.

O episódio ainda desenvolve um pouco mais os mistérios do pequeno Bran, que começa a dar indícios de que será uma das peças mais importantes no desfecho da série. O jovem Stark começou a ter visões depois de ser jogado pela janela e perder os movimentos das pernas e, ao ter sua cidade invadida, fugiu em direção ao Norte com a ajuda de Hodor (Kristian Nairn), um criado da família que perdeu a fala na infância. Lá, ele encontra um homem que se identifica como “o corvo de três olhos” e que vive preso a uma árvore. Bran suspeita que esse será seu destino.

 

TEMPORADA 5

Episódio 8: Hardhome

Richard Brake em cena do episódio 8 da temporada 5 de' Game of Thrones'

Muita coisa aconteceu nos últimos episódios, incluindo a ascensão de um grupo religioso radical que prendeu a rainha Cersei por crimes de incesto e assassinato e o treinamento de Arya Stark por um grupo que se denomina “Os Homens Sem Rosto”.

Mas a ação está mesmo no norte, onde um grupo de patrulheiros da Muralha tenta convencer o líder dos selvagens a se juntar a eles na proteção das fronteiras, quando são surpreendidos por um ataque de mortos-vivos. Na luta que se segue, que pode ser uma prévia do que vem na oitava temporada, Jon Snow descobre que sua espada de aço valiriano é capaz de rivalizar com as armas dos Caminhantes Brancos, o que lhe abre uma vantagem até então desconhecida. Alguns patrulheiros e selvagens conseguem escapar, mas perdem uma quantidade enorme de companheiros, que se reerguem dos mortos pelas mãos dos inimigos. Essa é a primeira vez que o público tem dimensão do poder dos Caminhantes Brancos.

 

Episódio 10: Mother’s Mercy

Kit Harrington em cena do episódio 10 da temporada 5 de' Game of Thrones'

Mais uma vez, o público passa uma temporada inteira torcendo por um personagem, só para vê-lo morrer no final (mas, dessa vez, sabemos que não é definitivo). Depois de levar um grupo de selvagens para dentro da Muralha, prometendo uma aliança, Snow levanta a desconfiança dos colegas de patrulha e, numa armadilha organizada à noite, às escondidas, seus próprios companheiros o esfaqueiam e largam-no sozinho na neve.

No mesmo episódio, Stannis e Myrcella (Aimee Richardson), filha de Cersei, são mortos e Arya perde a visão após desrespeitar as ordens dos Homens Sem Rosto.

 

TEMPORADA 6

Episódio 2: Home

Kit Harrington em cena do episódio 2 da temporada 6 de' Game of Thrones'

A grande relevância deste episódio está em saber como Jon Snow foi ressuscitado – afinal, sua volta ao mundo dos vivos não é surpresa para ninguém. Pois Davos Seaworth (Liam Cunningham), que antes acompanhava Stannis, está em Winterfell junto com a feiticeira Melisandre (Carice Van Houten) – uma mulher que, na temporada anterior, mandou queimar uma criança viva em nome de seu deus, o “Senhor da Luz”. Aqui, esse mesmo deus trará Snow de volta dos mortos.

 

Episódio 5: The Door

Kristian Nairn em cena do episódio 5 da temporada 6 de 'Game of Thrones'

Prepare uma caixa de lencinhos para este aqui. Nem Ned, nem Catelyn, nem Joffrey, nem Jon Snow tiveram uma morte tão traumatizante quanto esta.

Enquanto Bran compartilha visões com o “corvo de três olhos” e aprende a seguir seus passos, um grupo de Caminhantes Brancos descobre seu paradeiro e se aproxima da caverna onde ele, Hodor, uma jovem chamada Meera (Ellie Kendrick), o lobo Verão e uma Criança da Floresta (Kae Alexander) se escondem. Todos tentam ganhar tempo para Bran, mas um acidente acontece: ele tem uma visão de seu pai no passado, em que um pequeno Hodor também está presente. Com a consciência dividida entre os gritos de Meera na vida real e a visão de Hodor no passado, o jovem Stark acaba compartilhando o que ouve com o garoto e ele, perturbado pela invasão mental, se vê repetindo as palavras de Meera num futuro distante até não conseguir dizer mais nada: “Hold the Door” (segure a porta), enfim, se comprime e se transforma em “Hodor”, que será a única palavra que ele pronunciará para o resto da vida. No presente, Hodor segura a porta até o fim, sendo finalmente vencido pelos Caminhantes Brancos.

 

Episódio 9: Battle of the Bastards

Cena da Batalha dos Bastardos no episódio 9 da temporada 6 de 'Game of Thrones'

Quem ainda tem fôlego depois de ter o coração estilhaçado pela morte de Hodor? Segure o ar mais um pouco, porque essa batalha merece ser vista numa tela grande e em câmera lenta.

Jon Snow se reencontrou com Sansa, após ela passar a temporada inteira sendo abusada por Ramsay Bolton (Iwan Rheon), que invadiu Winterfell e substituiu Joffrey como a pessoa mais detestável do reino. Os dois irmãos decidiram enfrentá-lo no campo, apesar dos avisos de Sansa de que suas tropas não seriam suficientes. Para piorar, Ramsay está com Rickon (Art Parkinson), irmão mais novo dos dois.

Quando Ramsey finge libertar Rickon, só para matá-lo com uma flecha a poucos metros de Snow, o confronto se torna pessoal. O que se sucede é uma confusão lamacenta, sangrenta e sufocante, com corpos se amontoando uns sobre os outros e Snow tentando respirar, espremido bem no meio da matança. Quem salva o dia e finalmente mostra a que veio é Sansa, que se aliou a Mindinho (Aidan Gillen) e convocou o reforço dos soldados do Vale.

O episódio termina com a vitória dos Starks e a vingança saborosa de Sansa contra Ramsay.

 

Episódio 10: The Winds of Winter

Dean-Charles Chapman em cena do episódio 10 da temporada 6 de 'Game of Thrones'

Os fãs ouviram desde o primeiro episódio da primeira temporada que “o inverno estava chegando” e, agora, ele finalmente chegou. Junto com o inverno vem, é claro, uma enorme dose de violência, começando pela elegante vingança de Arya Stark contra Walder Frey – aquele que matou a mãe e o irmão dela no Casamento Vermelho.

Mais chocante, porém, é o que acontece na capital: o dia do julgamento de Cersei chegou e praticamente todas as pessoas que importam estão reunidas no santuário. A ré está atrasada e Margaery começa a desconfiar, mas o líder religioso Alto Pardal (Jonathan Pryce) não permite que ninguém saia do salão. Então, acontece o pior: os estoques de fogo vivo são inflamados, levando embora o santuário, Margaery, o Alto Pardal, Loras Tyrell (Finn Jones) e boa parte da elite de Porto Real. De dentro do palácio, Cersei toma uma taça de vinho enquanto, em outro quarto, o rei Tommen (Dean-Charles Chapman), o último filho vivo dela, assiste à tragédia e salta para a morte sem pensar duas vezes.

Longe dali, Jon Snow é proclamado Rei do Norte e Daenerys parte rumo ao continente para lutar pelo trono.

 

TEMPORADA 7

Episódio 4: The Spoils of War

Drogon em cena do episódio 4 da temporada 7 de 'Game of Thrones'

Sete temporadas se passaram e é hora de mostrar todo o poder de fogo dos dragões. Neste episódio, Daenerys intercepta uma caravana que levava suprimentos para a capital e, montada em Drogon, incendeia todos os carros. Jaime quase morre no processo e o mercenário Bronn (Jerome Flynn) estreia uma arma desenvolvida para a rainha Cersei, especialmente para perfurar ossos de dragão. Drogon sai ferido, mas passa bem.

Enquanto isso, Arya chega a Winterfell para se reencontrar com Sansa e Bran, que também está de volta.

 

Episódio 6: Beyond the Wall

Rei da Noite joga lança em Viseryon em cena do episódio 6 da temporada 7 de 'Game of Thrones'

No início da temporada, Jon Snow decidiu se reunir com Daenerys para discutir alianças, especialmente depois de descobrir que o castelo dela ficava sobre uma mina de “vidro de dragão” (capaz de matar Caminhantes Brancos). Desse encontro, resultou um clima caliente e um plano terrível: o de capturar um morto-vivo e levá-lo até Cersei, para unir todos os reinos contra o inimigo mais urgente do Norte.

Neste episódio, Jon parte para além da Muralha nessa missão suicida. Seu grupo é encurralado por Caminhantes Brancos e mortos-vivos e, finalmente, Daenerys em pessoa precisa interferir. Ela chega montada em Drogon e traz seus outros dois dragões para ajudar no resgate. O ato heroico, porém, vem com um preço: o Rei da Noite (Vladimir ‘Furdo’ Furdik), líder dos Caminhantes Brancos, joga uma lança e consegue matar um dos dragões, Viseryon, que cai no mar congelado. Agora, os mortos também terão um dragão para reforçar seu exército.

 

Episódio 7: The Dragon and the Wolf

Lena Headey e Nicolaj Coster-Waldau em cena do episódio 7 da temporada 7 de 'Game of Thrones'

E como terminou a sétima temporada? Com um encontro entre todas aquelas peças que foram apresentadas no primeiro episódio, é claro: Starks, Lannisters, Targaryens e um morto-vivo.

Apesar das baixas, o plano de Jon Snow foi bem-sucedido e eles conseguiram capturar um morto-vivo. Numa reunião que inclui Jon, Daenerys e Tyrion de um lado e Cersei e Jaime do outro, na capital, a rainha não gosta do que vê e recusa a parceria a princípio, mas, depois de uma conversa com Tyrion, aceita ajudar.

Também termina nesse episódio o mistério sobre o parentesco de Jon: ele é filho de Lyanna Stark (irmã de Ned) e Rhaegar Targaryen (filho do Rei Louco), e é mais um herdeiro do trono. Sem saber disso, ele dorme com Daenerys.

No Norte, Viseryon queima a muralha e abre passagem para os Caminhantes Brancos.

Member of The Internet Defense League