Clique e assine com 88% de desconto

Felicity Huffman é presa por caso de fraude no vestibular americano

Atriz se entregou à polícia nesta terça-feira, 15, e cumprirá pena de duas semanas

Por Redação - 15 out 2019, 17h04

A atriz Felicity Huffman se entregou na manhã desta terça-feira, 15, às autoridades do Estado da Califórnia (EUA) para cumprir uma sentença de duas semanas. Ela se declara culpada de ter pago subornos em troca do aumento da nota de sua filha no vestibular para conseguir a admissão em universidades de prestígio dos Estados Unidos. 

Huffman admite ter pago 15 mil dólares para um consultor chamado Rick Singer para aumentar a nota de sua filha no exame educacional dos Estados Unidos que serve como critério para admissão em universidades americanas. No mês passado, a juíza Idira Talwani condenou a atriz a uma pena de 14 dias, além de uma multa de 30 mil dólares e um ano em liberdade condicional.

A estrela de Desperate Hosewives foi a primeira a ser condenada na operação intitulada “Operation Varsity Blues”, investigação federal de fraudes em admissões em faculdades de elite dos Estados Unidos. Desde então, diversos outros pais de alunos foram condenados, recebendo penas que vão de condicionais a cinco meses de prisão.

Durante a audiência, ocorrida no dia 13 de setembro, Huffman se disse arrependida do crime cometido. “Eu estava amedrontada, eu fui burra e errei”, disse, em lágrimas. “Estou profundamente envergonhada do que eu fiz.”

Continua após a publicidade

Em uma carta enviada ao tribunal, a atriz ainda afirmou que suas ações foram motivadas pelo medo de que sua filha não fosse aceita na faculdade para estudar teatro. “No meu desespero por ser uma boa mãe, eu me convenci de que tudo que estava fazendo era dar uma oportunidade para minha filha”, escreveu.

Publicidade