Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eminem envolve público do Lolla em show energético

Cantor entoou hits do passado e fechou com classe o primeiro dia do festival

Apesar de ser uma escolha duvidosa para a line-up do Lollapalooza 2016, Eminem encerrou o primeiro dia do festival em grande estilo, depois de fazer um show energético que animou a multidão presente. Sem grandes firulas, o cantor americano adotou na apresentação uma fórmula que não tem como ser malsucedida: entoou músicas menos manjadas, que agradou aos fãs mais fervorosos, e hits de rádio, que animaram o público geral, ele também interagiu com a plateia a todo momento e colocou intensidade em cada canção. Aos 43 anos, o rapper parecia um menino hiperativo no palco. Vestindo bermuda e casaco com capuz, não parou um instante – correu várias vezes de um lado para o outro e até se jogou no chão em determinado momento. No fim, o público pareceu sair satisfeito do Autódromo de Interlagos.

Às 21h30, o cantor subiu no palco ao lado do rapper Mr. Porter, que participou de todo o show. A primeira meia hora da apresentação teve um Eminem com cara de mal e nenhum grande hit. Os artistas cantaram raps mais pesados, como White America, cujas letras estavam na ponta da língua de poucos fãs. Depois, Eminem passou a interagir com a multidão, arriscou falar “Sampa”, disse que sentiu falta do público brasileiro, para o qual não se apresentava há cinco anos, e apresentou uma sequência de três músicas que empolgaram a plateia: Just Don`t Give a F*, Criminal e The Way I Am.

Leia também:

Lollapalooza: Mumford and Sons arrasam em primeiro show no Brasil

Tame Impala prova sua relevância com show notável no Lolla

Lollapalooza: Eminem veta transmissão de show e fotos profissionais

Mas o público se animou de fato quanto Eminem inaugurou a sessão de hits com The Hills, canção que gravou em parceira com The Weeknd. A partir daí, não parou mais de entoar canções que ficaram conhecidas pelos brasileiros ao longo dos vinte anos de carreira do rapper. Os fãs deliraram quando ele cantou as três músicas que gravou com Rihanna – Airplanes, The Monster e The Way You Lie, que dedicou para todas as mulheres presentes no show. A sequência de singles também incluiu Stan, que o rapper gravou em 2000 com a inglesa Dido, e Like Toy Soldiers.

A dupla de rappers fez outras brincadeiras com o público, pedindo gritos dos homens e, depois, das mulheres, enquanto tiravam selfies com a multidão. “Não quero ir para casa”, disse Eminem, que ainda quis saber quem na plateia estava “bêbado ou sob efeito de drogas”. “Cara, eu adoro drogas, mas não posso usá-las”, disse ele, para lembrar de sua fama de bad boy. Em seguida, o cantor entoou, enfim, as músicas que todos esperavam: My Name Is, The Real Slim Shady e Without Me, que estão entre os primeiros hits do cantor.

No final da apresentação, Eminem dedicou Not Afraid para aqueles que já perderam entes queridos para o vício. Depois de um falso encerramento do show, ele voltou para o palco e, mais empolgado do que nunca, cantou Lose Yourself, o primeiro single dele a chegar no topo das paradas americanas. O fato de o rapper ter cantado essa faixa foi curioso, já que há alguns dias, em seu Instagram, ele havia mostrado o começo do set list para o show. Nele, a canção havia sido riscada. Agora, o cantor segue para Buenos Aires e Santiago, onde também se apresentará no Lollapalooza.

Member of The Internet Defense League