Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eliminação contraditória no ‘MasterChef’ provoca a ira nas redes sociais

Participante Gabriella foi cortada do programa após descumprir regra em prova de macarons

A quinta eliminação do MasterChef Brasil, da Band, não agradou a muitos espectadores, que foram às redes sociais protestar contra a decisão de Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella. A engenheira química Gabriella Palinkas foi cortada da atração por descumprir uma das regras da prova desta terça-feira. Na ocasião, os aspirantes a cozinheiros deveriam preparar macarons, doce da cozinha francesa de complexa execução. De acordo com as normas impostas pelos jurados, os competidores precisariam fazer três unidades do doce, cada um com uma cor e recheio. Gabriella apresentou todos os doces com a mesma coloração nas massas — já que os demais, de cores diferentes do final, ficaram crus.

LEIA TAMBÉM:

‘MasterChef’ define os 21 participantes da nova temporada

Participante leva Paola – e público – às lágrimas no ‘MasterChef’

Desrespeitar uma das regras das provas do MasterChef é passaporte automático para a berlinda. E assim aconteceu com a engenheira, que ficou entre as duas piores da prova, juntamente com a estudante Gleice Simão, que apresentou doces moles, comparados a chicletes, e, segundo avaliação de Jacquin, “incomíveis, horríveis, uma vergonha”. Por fim, Gabriella, que teve seus doces bem avaliados no quesito sabor, acabou eliminada por causa da regra das três cores, e Gleice permaneceu no programa.

O resultado causou revolta nas redes sociais. Afinal, de um lado havia bons macarons, porém todos na mesma coloração, e do outro estavam doces de cores diferentes, mas impossíveis de serem comidos. O objetivo do reality, segundo consta, é revelar bons cozinheiros, mas a pior acabou salva. Os espectadores acusam os jurados de proteger Gleice. De origem humilde, o programa apelou para o emocional ao citar por diversas vezes sua condição. Além disso, ela perdeu um irmão no decorrer das gravações da atração, e o fato foi mencionado e ilustrado com lágrimas da candidata e dos jurados.

Outra situação mencionada nas redes sociais foi a prova de eliminação que resultou na saída de Fernando Bianchi, nesta mesma temporada. Na ocasião, os candidatos precisavam apresentar um bolo de três andares. O empresário Leonardo Young entregou um bolo com dois andares e foi mantido no programa, mesmo desrespeitando a regra sobre o formato. Fernando saiu porque sua receita não tinha ficado boa, na opinião dos jurados. Já na primeira temporada, a candidata Cecília – considerada a mais forte daquela edição – também foi eliminada ao não colocar champanhe no seu prato, ingrediente descrito nas regras da prova, apesar de ter recebido muitos elogios sobre o sabor e o preparo da comida.

No Twitter, muitos espectadores reclamaram que a eliminação de Gabriella foi injusta. “Acompanho os programas MasterChef do mundo todo há uns quatro anos. A eliminação de Gabriella foi a mais absurda de que me lembro”, escreveu um fã. “Eu preferia chegar a um restaurante e não ter o prato que pedi, do que comer algo horrível como a Gleice fez”, publicou uma garota. “Se tem uma coisa que é ‘incomível’ e outra razoável, fica a incomível e sai a razoável?”, questionou outro.

Após a repercussão nas redes sociais, a própria participante usou seus perfis no Instagram e no Twitter para comentar o caso e agradecer o apoio dos fãs. “Tentei dar meu melhor, tomei decisões baseadas no que vi em todas as temporadas em geral, principalmente nesta. Fui influenciada pelo que vi nas provas passadas (bolo três camadas) e errei. Sinto a missão cumprida já que os outros critérios eu consegui atingir. Em um restaurante, não daria para servir algo cru para o cliente”, desabafou Gabriella.

A controversa eliminação foi bem no Ibope. MasterChef atingiu 8 pontos de audiência na noite desta terça-feira, alcançando a liderança no horário por 16 minutos. A exibição do oitavo episódio permaneceu ainda na vice-liderança por 29 minutos, registrando 6 pontos de média. Cada ponto equivale a 69.417 casas na Grande São Paulo sintonizadas no canal.

(Da redação com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League