Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Diretores de ‘Guerra Civil’ dizem que filme só foi produzido graças a ‘Batman vs. Superman’

Novo longa da Marvel estreia nesta quinta-feira e também traz uma batalha entre super-heróis

Capitão América: Guerra Civil estreia na próxima quinta-feira nos cinemas, mas seus diretores, os irmãos Anthony e Joe Russo, revelaram que o longa só saiu do papel graças a um outra batalha de super-heróis, Batman vs. Superman, lançado em março. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, os comandantes da produção da Marvel disseram que o estúdio só apoiou a ideia de adaptar a HQ Guerra Civil depois da Warner confirmar a batalha entre os heróis da DC Comics.

LEIA TAMBÉM:

Marvel mira e acerta com ‘Capitão América: Guerra Civil’

Da HQ ao filme, confira especial de ‘Guerra Civil’, a nova aposta da Marvel

Diretor de ‘Vingadores: Era de Ultron’ se diz arrependido pelo filme

“É o filme mais político da Marvel”, diz Anthony Russo sobre ‘Guerra Civil’

Os irmãos Russo também foram os responsáveis por dirigir Capitão América: O Soldado Invernal, de 2014. Eles contaram que depois do segundo filme do herói se questionaram o que poderiam fazer para melhorar o universo cinematográfico da Marvel, que já possuía mais de dez filmes, todos na mesma estrutura tradicional, e que seria o momento de desconstruir esse universo. “Aonde mais você pode ir? Nossa ideia era: as pessoas dirão que gostam de sorvete de chocolate, até que você comece a servir sorvete de chocolate todos os dias da semana. Então é hora de servir outra coisa. Kevin Feige [produtor da Marvel] é um cara pouco ortodoxo e é muito sensível em como as pessoas estão respondendo ao seu conteúdo. Ele disse que achava que podíamos estar certos. Depois que a Warner anunciou Batman vs. Superman, ele disse, ‘vocês estão absolutamente certos’. Precisávamos fazer algo desafiador com esses filmes ou começaríamos a perder o nosso público”, explicou.

Os diretores também falaram que observam que o futuro de Hollywood, por enquanto, está ligado a produção de filmes seriados, que possuem uma marca que os conecte. Mas isso também pode acabar com a produção de filmes independentes. “Algumas marcas estão dominando o calendário. Um filme da Marvel sai sempre em maio, agosto e novembro. Há um filme de Star Wars sempre em dezembro. Você não pode lançar nada nesses meses ou vai morrer. Você tem que ter um nome estabelecido como um diretor para conseguir que seu filme seja lançado. Ocasionalmente, haverá um filme menor que vai ser descoberto e que vale a pena ir para os cinemas”, disseram.

Anthony e Joe parecem entender bem do que os estúdios e o público querem. Antes mesmo de sua estreia, Guerra Civil conseguiu muitas críticas boas, uma vitória sobre Batman vs. Superman, que foi mal recebido. A parceria dos irmão com a Marvel está caminhando tão bem que os dois já foram escalados para dirigirem o novo filme dos Vingadores, prometido para 2018.

Member of The Internet Defense League