Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cauby deixou disco pronto em tributo a Dick Farney

Cauby Peixoto deixou um disco pronto, que só precisa ser finalizado em estúdio para chegar às lojas. Seguindo as homenagens que adorava fazer, na linha de Cauby Interpreta Roberto, de 2009; Cauby Canta Baden, de 2006; Cauby Canta Sinatra, de 1995; e, mais recente, Cauby Sings Nat King Cole, de 2015; ele agora queria homenagear a obra do pianista e cantor pré-bossa-novista Dick Farney (1921-1987).

LEIA TAMBÉM:

Morre o cantor Cauby Peixoto, ídolo do rádio

Corpo de Cauby Peixoto é sepultado em São Paulo

Farney foi um de seus primeiros ídolos, conforme Cauby contou ao programa Musicograma, do Canal Brasil, em 2011. “Nós cantores sempre gostamos de imitar nossos ídolos. Quem me pintou primeiro no ouvido foi Orlando Silva. Eu queria ser o Orlando Silva de qualquer maneira, eu cantava sempre mais alto. Depois veio Farney. O Moacir (Franco) chegou para mim e falou: �Olha, você tem que cantar o repertório do Dick Farney�”.

Um show marcado para a Virada Cultural no próximo sábado, 21, teria, entre 22h30 e 23h50, no Sesc Santo Amaro, Cauby e Angela Maria. A apresentação foi mantida, com Angela Maria ao lado da cantora Vania Bastos, mulher do violonista Ronaldo Rayol (que acompanhava Angela e Cauby).

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League