Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Capitão América: Guerra Civil’ é a 2ª maior estreia de um filme no Brasil

Novo longa da Marvel arrecadou 9,3 milhões de reais somente nesta quinta-feira e fica atrás apenas de 'Star Wars: O Despertar da Força'

Capitão América: Guerra Civil obteve a segunda maior bilheteria na estreia de um filme no mercado brasileiro, segundo a Disney, distribuidora do longa. A produção, que chegou nesta quinta-feira aos cinemas do Brasil, arrecadou 2,7 milhões de dólares (9,3 milhões de reais, aproximadamente) em seu primeiro dia de exibição. A bilheteria de estreia fica atrás apenas daquela de Star Wars: O Despertar da Força, que arrecadou 9,5 milhões de reais em dezembro passado em seu primeiro dia — nessa época, porém, o dólar estava mais valorizado por aqui, portanto essa arrecadação correspondeu a aproximadamente 2,4 milhões de dólares.

Leia também:

‘Capitão América: Guerra Civil’: as diferenças entre o filme e a HQ

Marvel mira e acerta com ‘Capitão América: Guerra Civil’

Da HQ ao filme, confira especial de ‘Guerra Civil’, a nova aposta da Marvel

Diretores de ‘Guerra Civil’ dizem que filme só foi produzido graças a ‘Batman vs. Superman’

De acordo com o site da revista americana Variety, Guerra Civil arrecadou 38,7 milhões de dólares nos 30 países em que já estreou. Na Coreia do Sul e na França, o longa chegou aos cinemas na quarta-feira e em dois dias obteve bilheterias de 7,7 milhões de dólares e 3,7 milhões de dólares, respectivamente, as maiores do mercado internacional até agora.

O Brasil aparece em terceiro lugar na lista de maiores bilheterias de estreia no mundo do filme, seguido das Filipinas e Taiwan (2,4 milhões de dólares em cada país em dois dias de exibição), Austrália (2,4 milhões de dólares em um dia) e Alemanha (1,9 milhões de dólares em um dia).

Até domingo, a produção terá estreado em 63% do mercado internacional. Analistas estimam que o longa pode arrecadar cerca de 200 milhões de dólares no mundo em seus cinco primeiros dias de exibição. Guerra Civil estreia nos Estados Unidos em 6 de maio.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League