Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alfândega do Egito rabisca violão vintage de Bryan Adams

'Não houve absolutamente nenhum pedido de desculpas', escreveu o músico em suas redes sociais

Bryan Adams está nervoso. O cantor canadense esteve no Egito nesta semana para fazer um show e teve uma surpresa desagradável ao retirar a sua bagagem do aeroporto: a alfândega do Cairo rabiscou um número em seu violão vintage da marca Martin. O escrito está em árabe e em caneta de cor verde. Revoltado, o músico publicou uma foto do instrumento, que tem quase 60 anos, em seu Instagram. “Desenho da alfândega do aeroporto do Egito no meu Martin D-18 de 1957”, escreveu na legenda.

Adams, que já venceu o Grammy duas vezes nos anos 1990, entre elas com a canção (Everything I Do) I Do It for You, ainda levou o assunto para a sua página no Facebook, onde desabafou: “Nós quase não recuperamos o equipamento no país, e quando conseguimos, ele estava assim. Não houve absolutamente nenhum pedido de desculpas”, disse ele nesta sexta-feira. O cantor parece não ter sorte quando despacha seus instrumentos nos aeroportos. Em 2015, ele publicou no Twitter um outro violão seu que foi rabiscado pela companhia aérea Air Canada.

Violão do Bryan Adams depois de ser rabiscado na alfândega egípcia Violão do Bryan Adams depois de ser rabiscado na alfândega egípcia

Violão do Bryan Adams depois de ser rabiscado na alfândega egípcia (/)

(Da redação)

Member of The Internet Defense League