Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alabama Shakes ostenta vocalista poderosa no Lolla

Brittany Howard dominou o show no festival, com seus vocais impressionantes e habilidade na guitarra

Aos 27 anos, Brittany Howard é uma das grandes descobertas da música recente. A vocalista do Alabama Shakes é constantemente comparada com gente graúda, como Janis Joplin e Etta James – o que não é exagero. No show que a banda americana apresentou na tarde deste domingo no Lollapalooza, ficou novamente comprovado: Brittany é uma das vozes mais poderosas da atual geração de cantoras, e tem potencial para ficar na história.

Não bastasse o vozeirão, ela abriu o show com seu inconfundível dedilhado de guitarra, que serviu de introdução para as faixas Future People e Dunes, ambas do disco Sound & Color, lançado no ano passado. O instrumento da vocalista recebeu a companhia de um belo piano, além da banda de apoio, com baixo, guitarra, bateria e percussão.

Leia também:

Twenty One Pilots faz balada indie no Lollapalooza

Marina and the Diamonds, a diva triste do Lollapalooza

Afinados e entrosados, o grupo apresentou com primor o estilo southern rock, do qual já são quase embaixadores, misturando rock, blues, country e uma pitada de gospel. Fizeram parte da setlist faixas famosas como Be Mine, Over My Head e Hold On, além de outras menos manjadas, caso da romântica Miss You.

Para finalizar, o Alabama emendou uma sequência com os três hits atuais: Don’t Wanna Fight, Gimme All Your Love e Sound and Color. As canções bem posicionadas conquistaram o final feliz planejado pela banda. A plateia agradece.

Member of The Internet Defense League