Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Professora é afastada após dar ‘gravata’ em aluno que usava celular

Alunos do 6º ano do Ensino Fundamental da Escola Ministro Synesio Rocha, na zona Sul da capital, gravaram as imagens

Uma professora da rede municipal de São Paulo foi afastada do cargo após ser flagrada imobilizando um aluno de 12 anos com uma “gravata”, movimento que usa o braço no pescoço do adversário, para tirar o celular dele. A ação foi filmada por outros alunos que estavam na aula do 6º ano do Ensino Fundamental na Escola Ministro Synesio Rocha, no Jardim Umarizal, na zona Sul da capital. De acordo com a Secretaria de Educação, o caso aconteceu no dia 12 deste mês.

Nas imagens, a professora aparece ao lado do estudante e pede para que ele entregue o celular. Ela então conta até dez e, sem que ele tenha cedido, imobiliza o garoto. Os demais alunos começam a gritar para que a professora se acalme e alguns até tentam acudir o colega. O vídeo de cerca de um minuto e meio mostra o momento em que a professora vai para a frente da sala e diz aos alunos: “ele teve opção, não teve?”

LEIA TAMBÉM:

Após denúncias, membro de Conselho da Fusp assume direção

Professores da UFRJ usam “Os Simpsons” para pedir diálogo com ministro

Em nota, a Secretaria de Educação informou que a direção da unidade determinou o “imediato afastamento” da professora das atividades escolares e abriu um processo de apuração preliminar do caso para que a docente possa responder pela ação. A nota diz ainda que, embora a legislação municipal proíba o uso de aparelhos celulares em sala de aula, todas as ações têm como pressuposto a “garantia dos direitos dos educandos e adolescentes”.

Confira vídeo do momento em que a professora é flagrada imobilizando o aluno:

(Com Estadão conteúdo)

Member of The Internet Defense League