Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Notas do Enem 2015 são divulgadas pelo MEC

A prova foi realizada por 5,7 milhões de alunos em outubro do ano passado. Além das notas dos exames objetivos, estudantes poderão conferir também o resultado da redação

O Ministério da Educação liberou na tarde desta sexta-feira (8) as notas dos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015, realizado em outubro do ano passado. Para conferir a pontuação no exame, é preciso acessar o site do Enem e informar número de inscrição no exame, CPF e senha. Com a nota, os participantes poderão concorrer a vagas em instituições de ensino superior públicas e privadas.

Leia também:

Enem 2015: O drama dos atrasados

“É importante a violência contra a mulher cair no Enem”, diz Maria da Penha

Além da nota das provas objetivas, os estudantes poderão conferir o resultado da redação. A prova é corrigida por dois corretores e pode variar de zero a 1.000 pontos. Em caso de discrepância entre as notas, a redação é avaliada por um terceiro corretor. O espelho da redação (que contém o texto corrigido e comentado), no entanto, tem até dois meses para ser publicado.

A nota das provas objetivas é calculada por meio da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item que grande número dos candidatos acertou será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item.

Seleção – Com a nota do Enem, os estudantes podem participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que disponibilizou na quarta-feira (6) a consulta por vagas em instituições públicas de ensino superior. O período de inscrição começa na segunda-feira (11) e termina na quinta-feira (14). Este ano serão 228.000 vagas em todo o país.

Além dos dois programas, o Enem também é usado para certificar o ensino médio, obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para participar do programa de intercâmbio Ciência sem Fronteiras. Em nenhum dos casos, o participante poderá ter nota zero na redação.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League