Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inscrições para vestibular da Unicamp terminam nesta quinta-feira

O cadastro pode ser feito pela internet até 23h59 e o pagamento da taxa, até a sexta-feira (4)

Termina nesta quinta-feira (3) o prazo de inscrições para o vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O cadastro para o processo seletivo deve ser feito exclusivamente pela internet, pelo site da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (www.comvest.unicamp.br) até 23h59.

Serão oferecidas 3.320 vagas em 70 cursos. A taxa de inscrição do vestibular é de 150 reais e deve ser paga até esta sexta-feira (4). No site da Comvest é possível acessar gratuitamente o kit do vestibulando, com o Manual do Candidato e a Revista do Vestibulando.

Leia também:

USP e Unicamp lançam cursos online gratuitos

Unicamp e Unesp divulgam calendário do vestibular 2016

O vestibular da Unicamp tem duas fases, com a primeira prova em 22 de novembro e as provas da segunda fase em 17,18 e 19 de janeiro de 2016. Antes da primeira fase, os candidatos aos cursos de Música farão a prova de Habilidades Específicas, entre 24 a 28 de setembro.

Neste ano, a universidade ampliou o número de cidades no Estado de São Paulo que terão aplicação da prova. Serão 25 cidades no Estado, que agora incluem Araçatuba, Avaré, Franca, Guaratinguetá e Osasco. Fora de São Paulo, a prova é aplicada apenas em Brasília. A estrutura para aplicação da prova para candidatos com deficiência foi ampliada também para o município de Ribeirão Preto. Até o ano passado, apenas São Paulo e Campinas tinham essa estrutura.

Bônus – A Unicamp decidiu aumentar a bonificação no vestibular para alunos de escola pública e pretos, pardos e indígenas (PPI). A mudança é uma tentativa de aumentar as taxas de inclusão na universidade, que em 2015 teve o pior resultado em cinco anos. A universidade espera alcançar 50% de matriculados que cursaram o ensino médio em escolas públicas e 35% para os pretos, pardos e indígenas até 2017.

Segunda fase – A Unicamp também ampliou o limite máximo de candidatos convocados para a segunda fase em cursos de alta demanda, com relação de 200 ou mais candidatos por vaga. Nesses cursos, o limite de convocação será de dez vezes o número de vagas do curso. Antes, esse índice era de oito vezes.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League