Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Valor de mercado da Petrobras salta 55% em uma semana

Alta na semana passada foi puxada pelo avanço da Operação Lava Jato, com atos como a condução à força para depoimento do ex-presidente Lula, na sexta-feira

O valor de mercado da Petrobras subiu 55,4% na semana passada, atingindo 30,84 bilhões de dólares, segundo levantamento feito pela consultoria financeira Economatica. São 11 bilhões de dólares a mais em relação ao valor registrado em 26 de fevereiro, de 19,85 bilhões de dólares.

O período foi marcado por um turbulento noticiário político, com destaque para informações sobre uma delação premiada do senador Delcídio Amaral (PT-MS) e para a condução à força para depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Polícia Federal na 24ª fase da Operação Lava Jato.

O avanço das investigações de corrupção alimentou expectativas de mudanças significativas no governo, o que desencadeou um movimento de compras especulativas, especialmente em papéis de estatais. Entre as 1.972 empresas de capital aberto na América Latina e nos Estados Unidos, a petroleira brasileira foi a que registrou o terceiro maior aumento nominal de valor de mercado em dólares na última semana, segundo a Economatica. A Petrobras perde apenas para o crescimento da Apple (33,82 bilhões de dólares) e da Berkshire Hathaway (15,54 bilhões de dólares).

Outras empresas brasileiras aparecem na lista das vinte maiores da América Latina e dos EUA. A Ambev ocupa a quarta posição, com valor de mercado de 80,60 bilhões de dólares em 4 de março (+15,36%), e o Itaú Unibanco surge no sexto lugar, com 45,61 bilhões de dólares (+29,34%). Em oitavo aparece o Bradesco, com 37,24 bilhões de dólares (+35,81%), enquanto a Vale é a 14ª colocada, com 20,37 bilhões de dólares (+58,33%).

Leia mais:

Caixa lança edital para venda de 57 imóveis da União no DF

Receita abre consulta a lote residual de restituição do Imposto de Renda nesta terça

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League