Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PwC tem vitória em ação contra Petrobras nos EUA

Juiz de NY considerou que a empresa de auditoria não sabia do esquema de corrupção na estatal brasileira e, quando soube, agiu rapidamente

Leia Mais:

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,pwc-tem-vitoria-em-acao-sobre-corrupcao-na-petrobras-em-ny,1000

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,pwc-tem-vitoria-em-acao-sobre-corrupcao-na-petrobras-em-ny,1

“A PwC ao invés de ignorar sinais de fraude tomou medidas apropriadas ao saber das evidências de irregularidades diretamente ligadas à Petrobras”, afirma Rakoff, em sua decisão. Ele cita que a Price se recusou a assinar o balanço da Petrobras do terceiro trimestre de 2014, agindo “assim que foi confrontada com indicações de fraude”.

Em contrapartida, os advogados dos fundos nas acusações contra a firma de auditoria dizem que a Price fez vista grossa ao esquema de corrupção. Para os fundos, a PwC “sabia ou, no mínimo foi imprudente em não saber” que os ativos da Petrobras haviam sido artificialmente inflados.

Para Rakoff, os advogados dos fundos não conseguiram comprovar que a PwC sabia do esquema de corrupção e mesmo assim continuou ao lado da Petrobras. A Price alega que o escândalo de corrupção e os desembolsos com propinas ocorreram antes de começar a análise dos números da petroleira. A empresa é parte do grupo de réus na ação coletiva envolvendo a Petrobras nos Estados Unidos.

Leia mais:

Brasileiro demora oito meses para achar novo emprego, diz SPC

Moody’s retira selo de bom pagador do Brasil

(Com Estadão Conteúdo)

“A PwC ao invés de ignorar sinais de fraude tomou medidas apropriadas ao saber das evidê

Member of The Internet Defense League