Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PIB dos EUA no 4º trimestre é revisado para cima a 1%

Na primeira estimativa, governo americano havia previsto alta menor, de 0,7%, para os últimos três meses do ano passado. No 3º trimestre, alta foi de 2%

O crescimento econômico dos Estados Unidos desacelerou no quarto trimestre, mas não de maneira tão forte como inicialmente calculado. O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a um ritmo anual de 1% ao invés de 0,7% como anteriormente anunciado, informou o Departamento do Comércio nesta sexta-feira em sua segunda estimativa do PIB. No terceiro trimestre, a economia havia crescido a um ritmo de 2%. Economistas consultados pela Reuters esperavam revisão para baixo para 0,4%.

O crescimento nos últimos três meses do ano passado refletiu as contribuições positivas de gasto pessoal, investimento fixo residencial, e as despesas do governo federal. Já as contribuições negativas vieram de exportações e dos investimentos.

A revisão do PIB do quarto trimestre também foi ajudada por um déficit comercial menor do que inicialmente calculado já que as importações contraíram. O déficit comercial subtraiu 0,25 ponto percentual, em vez de 0,47 ponto como divulgado mês passado.

Os gastos empresariais em equipamentos contraíram apenas 1,8% no último trimestre, comparado com o recuo de 2,5% divulgado antes.

Houve também ajustes nos gastos do consumidor, que respondem por mais de dois terços a atividade econômica dos EUA. Os gastos subiram 2%, e não 2,2% como informado anteriormente.

Leia mais:

Setor público tem primeiro superávit desde abril de 2015

G20 começa com discussão sobre reformas estruturais

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League