Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mitsubishi demite presidente por fraude em dados de consumo

Anúncio feito pela montadora nesta quarta é mais um desdobramento do escândalo que envolve a montadora e também a Suzuki

A montadora japonesa Mitsubishi anunciou nesta quarta-feira as demissões de seu presidente, Tetsuro Aikawa, e de seu vice-presidente, que se tornarão efetivas em 24 de junho. A decisão é mais um desdobramento do escândalo de manipulação de dados de consumo de combustível que afeta o grupo.

A Mitsubishi também confirmou que outros modelos, além dos veículos de pequeno porte, estão afetados pela manipulação. A lista inclui o emblemático utilitário 4×4 híbrido Outlander PHEV.

Mitsubishi e Suzuki foram as únicas montadoras de veículos do Japão que utilizaram testes indevidos de verificação de economia de combustível, de acordo com um representante do Ministério dos Transportes do país nesta quarta-feira. O representante também disse que o ministério pediu para a Suzuki fornecer mais informações até 31 de maio.

A Suzuki informou nesta quarta-feira que utilizou testes fora dos padrões definidos por regras do Japão, mas acrescentou que testes apropriados mostraram que os dados de consumo não precisam ser alterados.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League