Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fitch piora previsão de queda do PIB do Brasil para 3,5% em 2016

Agência atribui a projeção, que era de retração de 2,5%, às incertezas no cenário político e ao seu impacto na confiança

A Fitch revisou de 2,5% para 3,5% a previsão de retração para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2016, seguindo a mesma tendência do boletim Focus, apresentado nesta segunda-feira pelo Banco Central (BC). Em relatório sobre a perspectiva econômica global, a Fitch atribuiu a revisão ao aumento das incertezas no cenário político brasileiro e ao seu impacto na confiança, deteriorando o mercado de trabalho e as condições de crédito.

A Rússia, outro país emergente, também sofreu queda na previsão da Fitch. A agência projetou um recuo de 1,5% para o PIB russo em 2016, em parte pelos preços mais baixos do petróleo. Em dezembro, a Fitch havia previsto um aumento de 0,5% para a economia do país.

Já para os países emergentes, a agência agora projeta expansão de 4% em 2016, 0,4% a menos do que na previsão anterior. Para os países desenvolvidos a expectativa de crescimento também caiu, de 2,1% para 1,7%.

Leia também:

Cenário político deverá ditar os humores do mercado na próxima semana

‘Hoje o mercado está refém da Lava Jato’, diz ex-presidente do BC

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League