Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em dia de muitas oscilações, Bovespa recua 0,29%

Baixa, puxada pelos setores de mineração e papel e celulose, vem após seis altas seguidas; papéis da Vale despencam

Após uma sessão de muitos altos e baixos, o principal índice da Bovespa encerrou esta terça-feira em leve queda. O Ibovespa, que vinha de seis altas seguidas, recuou 0,29%, a 49.102 pontos.

Os papéis da Vale lideraram as perdas. As ações ordinárias (com direito a voto) recuaram 14,51%, fechando a 15,03 reais, e as preferenciais, 12,05%, para 11,24 reais. Siderúrgicas como a CSN, que teve queda de 13,61%, e a Gerdau, com baixa de 2,63%, acompanharam o movimento. A Bradespar, por sua vez, que tem participação na Vale, recuou 10,32%.

Os resultados ocorreram em meio à piora das exportações da China. As vendas chinesas ao exterior caíram 25,4% em fevereiro em comparação com o mesmo mês de 2015, segundo informe divulgado nesta terça-feira.

As fabricantes de celulose Fibria e Suzano seguiram em queda na bolsa, com baixa de 8,87% e 7,76%, respectivamente. Os papéis do setor acumulam queda de 25% em seis pregões por causa do quadro pouco animador da economia chinesa e do turnulento cenário político brasileiro.

Durante o pregão o Ibovespa oscilou entre queda de 0,81% e alta de 1,36%. O volume financeiro somou 11,4 bilhões de reais.

Leia também:

Com mais de R$ 300 milhões em dívidas, Itapemirim pede recuperação judicial

Cenário político faz dólar cair 1,44% e descer a seu menor nível desde 9 de dezembro

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League