Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em dia de mau humor global, dólar sobe 1,22% e Bovespa recua 2,56%

Sessão foi marcada pela preocupação dos investidores com a saúde da economia mundial e com novas quedas do preço do petróleo

Dólar e Bovespa refletiram nesta quinta-feira o cenário global de aversão ao risco, em uma sessão marcada pela persistente preocupação com a saúde da economia mundial e a nova queda dos preços do petróleo. O dólar avançou 1,22%, a 3,98 reais. O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, por sua vez, caiu 2,56%, a 39.345 pontos.

“Há medo de que a economia mundial volte a atravessar um período de fraqueza prolongado, o que faz o mercado se proteger no dólar”, disse o diretor de câmbio do Banco Paulista, Tarcísio Rodrigues. Ele citou ainda a queda dos preços do petróleo nesta sessão, em meio à sobreoferta global e expectativas de fraqueza na demanda devido à desaceleração da economia mundial. O óleo vem oscilando próximo das mínimas em doze anos nas últimas semanas, reduzindo a demanda por moedas ligadas a commodities, como o real.

A presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, reconheceu em audiência no Senado americano que as turbulências financeiras globais vêm sendo mais fortes que o esperado, mas salientou pontos positivos na recuperação dos Estados Unidos. A declaração sustentou o avanço do dólar, reforçando a percepção de fragilidade da situação econômica global.

“Se o Fed está surpreso com essa volatilidade (nos mercados globais), o mercado tem motivo para ficar ainda mais cauteloso”, disse o operador de uma corretora nacional, ressaltando que essas preocupações predominaram sobre a perspectiva de que o Fed demore para aumentar os juros nesse contexto.

Leia mais:

Anúncio de cortes no orçamento fica para março

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League