Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Economia da zona do euro cresce 1,5% em 2015

Resultado ficou dentro das projeções; no quarto trimestre, avanço foi de 0,3% em comparação com o mesmo período do ano anterior

A economia dos 19 países da zona do euro encerrou 2015 com crescimento de 1,5%, informou nesta sexta-feira a Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia. No quarto trimestre, o avanço foi de 0,3% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Em ambos os casos, o resultado ficou dentro das projeções dos economistas.

A produção industrial caiu em dezembro, marcando uma desaceleração em relação ao primeiro semestre do ano e ampliando os argumentos por mais afrouxamento monetário. Não foram apresentados dados segmentados na primeira estimativa da Eurostat, mas informações adicionais mostraram que a produção industrial da zona do euro recuou 1% em dezembro em relação ao mês anterior, para uma queda de 1,3% na base anual. Economistas esperavam que houvesse um aumento mensal de 0,3% da produção industrial e crescimento de 0,8 por cento na comparação anual.

“Continuamos a acreditar que mais afrouxamento monetário é necessário, com mais cortes de juros na mesa de março em diante”, disse o economista do ABN Amro Nick Kounis em nota publicada antes da divulgação dos dados.

A exemplo de Kounis, economistas disseram que essas taxas de crescimento da economia não serão suficientes para gerar pressão inflacionária suficiente para levar a alta dos preços à meta do Banco Central Europeu (BCE).

Leia mais:

Christine Lagarde é candidata única ao comando do FMI

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League