Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dólar cai e termina o dia abaixo de R$ 3,55, com cenário político no radar

O dólar fechou em queda e foi abaixo do patamar de 3,55 reais nesta segunda-feira, em sessão marcada pela ausência de intervenções do Banco Central (BC) e com investidores atentos aos nomes que devem formar a equipe econômica do provável governo de Michel Temer. O recuo da moeda americana foi de 0,61%, a 3,54 reais.

“Os nomes especulados são bem recebidos (…) O mercado aposta que virão para a equipe econômica nomes bem conceituados que trarão credibilidade para o governo”, disse o economista sênior da Tendências Consultoria Silvio Campos Neto.

Notícias publicadas no fim de semana reforçaram a possibilidade de o ex-presidente do BC Henrique Meirelles ficar à frente do Ministério da Fazenda se Temer assumir a Presidência. Isso ocorrerá caso o Senado confirme o afastamento da presidente Dilma Rousseff. Meirelles esteve com o vice-presidente no sábado, em Brasília.

Também circularam os nomes de Murilo Portugal, presidente da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), e do senador José Serra (PSDB-SP) para o Ministério da Fazenda de Temer, além do ex-diretor do BC Luiz Fernando Figueiredo.

Bovespa cai – O Ibovespa, o principal índice da Bovespa, fechou em queda pelo terceiro pregão seguido nesta segunda-feira, na esteira do quadro externo desfavorável, particularmente o recuo dos preços das commodities. A queda do Ibovespa foi de 1,98%, a 51.862 pontos.

À espera de novos desdobramentos políticos, agentes financeiros também repercutiram o noticiário corporativo, com destaque para o resultado trimestral da Usiminas e acordo para reestruturação de dívida da Oi. O volume financeiro somou 5,77 bilhões de reais.

Leia também:

Mercado vê PIB menor e alívio na inflação em 2016

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League