Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dívida pública brasileira cai 1,54% em janeiro, diz Tesouro

Trata-se do primeiro recuo desde outubro do ano passado. Queda foi conduzida por recuo na dívida pública interna, enquanto a externa ficou praticamente estável

A dívida pública federal recuou 1,54% em janeiro sobre dezembro, a 2,75 trilhões de reais, primeiro declínio do passivo desde outubro, informou nesta quarta-feira o Tesouro Nacional.

O desempenho foi diretamente afetado pelo recuo de 1,63% na dívida pública mobiliária federal interna, a 2,60 trilhões de reais. Em contrapartida, a dívida pública federal externa ficou praticamente estável, com alta de 0,04% sobre dezembro, a 142,9 bilhões de reais.

Para o ano, o Tesouro estima que a dívida total ficará entre 3,1 trilhões e 3,3 trilhões de reais, conforme estabelecido no Plano Anual de Financiamento (PAF).

Segundo o Tesouro, os títulos corrigidos pela taxa de juros Selic somaram 24,78% do total da dívida pública federal, contra 22,78% em dezembro.

O governo já havia apontado no mês passado que essa representatividade subiria, encerrando o ano entre 30% e 34% da dívida total. Esses papéis pós-fixados são mais demandados por investidores quando há percepção de aumento do risco.

Os títulos prefixados, por sua vez, corresponderam a 36,08% do total da dívida, contra 39,43% em dezembro. Já os papéis corrigidos pela inflação representaram 33,63% da dívida em janeiro, contra 32,52% em dezembro.

Leia mais:

Moody’s retira selo de bom pagador do Brasil

Dólar sobe e bolsa cai após Moody’s rebaixar grau de investimento do país

(Com agência Reuters)

Member of The Internet Defense League