Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com mais entregas, Embraer reverte prejuízo e lucra R$ 385 milhões no primeiro trimestre

Ressalva de analistas é que o aumento do número de aeronaves entregues foi impulsionado principalmente pelo Legacy 650, modelo executivo menos rentável

A Embraer teve lucro líquido atribuído aos acionistas de 385,7 milhões de reais no primeiro trimestre, revertendo prejuízo de um ano antes, mas em resultado marcado pelo recuo de margens, informou a empresa nesta sexta-feira. No primeiro trimestre de 2015, a companhia havia registrado prejuízo líquido de 196,1 milhões de reais.

A empresa, terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo, realizou mais entregas no primeiro trimestre de 2016 que no mesmo período do ano passado e foi ajudada nos resultados também por um crédito de imposto de renda e contribuição social sobre itens não-monetários. Em dólares, a Embraer teve lucro líquido de 104 milhões, acima de previsão média de 60 milhões de dólares em pesquisa da agência Reuters feita com analistas.

A receita líquida ficou em 5,05 bilhões de reais, alta de 64,6% em relação ao mesmo período de 2015. De janeiro a março, a Embraer entregou 21 aeronaves comerciais e 23 executivas. No mesmo período do ano passado, as entregas foram de 20 aeronaves comerciais e 12 executivas. A alta nas entregas foi impulsionada principalmente pelo Legacy 650, modelo executivo menos rentável.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da fabricante de aeronaves somou 643,8 milhões de reais nos três primeiros meses do ano, alta de 50 por cento na comparação anual. A margem Ebitda recuou de 14% para 12,8%.

Leia mais:

Irã encomenda 50 aviões da Embraer

Afeganistão inicia uso do avião brasileiro Super Tucano

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League