Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cenário político faz Bovespa saltar mais de 5% e ter sua maior alta desde 2009

Alta de 5,1% foi a maior em um único dia desde outubro de 2009; bolsa atinge seu maior nível desde novembro

O principal índice da Bovespa saltou mais de 5% nesta quinta-feira, com a cena política no centro das atenções dos investidores. A alta fez o Ibovespa superar os 47.000 pontos e fechar em seu maior patamar desde novembro.

O indicador subiu 5,12%, maior alta em um único dia desde outubro de 2009. Ao chegar a 47.193 pontos, o indicador atingiu seu maior nível desde novembro de 2015. O volume financeiro do pregão somava 12 bilhões de reais.

A notícia de que o senador Delcídio Amaral (PT-MS) fechou um acordo preliminar de delação premiada concentrou toda a atenção dos investidores. Ao grupo de trabalho da Procuradoria-Geral da República na Operação Lava Jato, Delcídio teria feito acusações que comprometem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff.

O destaque na Bovespa foram as ações da Petrobras, as mais negociadas, que registraram forte alta. As ações ordinárias (que dão direito a voto em assembleia de acionistas) da estatal subiram 12,47% e fecharam a 9,11 reais. As preferenciais, que dão preferência na distribuição de dividendos, tiveram alta de 16,28%, passando para 6,57 reais. Os papéis preferenciais estão no maior valor desde o início de janeiro. As ações ordinárias voltaram para o maior valor desde julho do ano passado.

Leia mais:

Noticiário sobre delação de Delcídio puxa queda do dólar, que recua 2,07%

(Da redação)

Member of The Internet Defense League