Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bovespa recua 1% após novo corte na nota de crédito brasileira; alta do petróleo limita perdas

Principal indicador da bolsa de valores brasileira chegou a cair 3% ao longo do dia com o rebaixamento do rating do país anunciado pela Moody's; dólar tem leve queda

A Bovespa fechou em queda pelo segundo pregão seguido nesta quarta-feira, em sessão marcada pelo rebaixamento da nota de crédito do Brasil anunciado pela agência de classificação de risco Moody’s. As perdas foram limitadas pela melhora no cenário externo, puxado pela valorização do petróleo.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa caiu 1,11%, a 42.049 pontos. Na mínima do dia, a queda foi de 3%. O volume financeiro somava 4,4 bilhões de reais.

O noticiário corporativo também repercutiu no pregão, com a ação da WEG desabando quase 9% após resultado trimestral gerar preocupações sobre as margens da fabricante de motores e componentes elétricos e tintas industriais.

No mercado de câmbio, o dólar fechou em queda nesta. A moeda refletiu a recuperação do apetite por risco nos mercados globais com a alta dos preços do petróleo, apesar da decisão da Moody’s de rebaixar o rating brasileiro. O recuo foi de 0,15%, a 3,95 reais.

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League